Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 23 de abril de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Mais de 10 milhões de pessoas poderão contrair HIV

8 Jul 2004 - 15h14
O número de pessoas com Aids na Ásia e no Pacífico aumentará em dez milhões até 2010 e o custo econômico da doença poderá chegar a 17,5 bilhões de dólares se não for feito algo para evitar este avanço, advertiu um estudo oficial divulgado nesta quinta-feira em Bangcoc, Tailândia. A informação chegou ao Brasil pela Agência EFE.

O relatório, elaborado pelo Programa das Nações Unidas para a Aids (UNAIDS) e pelo Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD), pede aos governos da Ásia e do Pacífico ações imediatas para se evitar uma catástrofe. Segundo o estudo, a luta contra a doença ficará a cada ano 5,1 bilhões de dólares mais cara a partir de 2007 e até 2010.
O vice-presidente do BAD, Geert van der Linden, destacou em um comunicado que a Aids ameaça um número significativo de pessoas e, com isso, põe em perigo os esforços para o cumprimento da meta das Nações Unidas de reduzir a pobreza extrema à metade até 2015.
O problema exposto no documento é que o custo do combate à doença aumentará com o crescimento do número de infectados com a Aids. Um dos resultados será milhões de pessoas a mais na pobreza. No ano passado, a região Ásia-Pacífico precisava de 1,5 bilhão de dólares para combater a doença, mas os governos da região só contribuíram com 200 milhões de dólares.
O diretor executivo do UNAIDS, Peter Piot, disse que os governantes da Ásia e do Pacífico ainda podem impedir um aumento em massa das infecções e mortes, limitar perdas econômicas e salvar milhões de pessoas da pobreza, se estiverem dispostos a financiar programas completos de combate à Aids.
Cerca de 37,8 milhões de pessoas têm Aids no mundo todo, das quais pelo menos sete milhões vivem na região Ásia-Pacífico. Outros 20 milhões de doentes morreram desde que foi identificado o primeiro caso da doença, em 1981, segundo dados do UNAIDS.
O relatório do UNAIDS e do BAD é divulgado às vésperas da XV Conferência Internacional da Aids, que acontecerá de 11 a 16 de julho em Bangcoc e que deverá contar com a presença do secretário-geral da ONU, Kofi Annan.

 
 
Grande FM

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRÔNICA DA SEMANA
CRÔNICA DA SEMANA: 'Precisamos redescobrir o Brasil', por Luciano Gazola
CRUELDADE
Criança tinha o pênis amarrado com elástico e era torturada pelo pai e a madrasta
MORTE TRÁGICA
Adolescente de 13 anos morre após sofrer queda de bicicleta
ESTAVA FORAGIDO
Homem que matou esposa na Sexta-feira Santa morre em acidente 03 dias depois
FEMINICIDIO
Advogada é assassinada a facadas por marido após discussão
100 LUZ
Giselle Itié lamenta a morte de outro ex-namorado em apenas três meses
CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante