Menu
PASSARELA
terça, 17 de julho de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Mais de 10 mil armas de fogo são destruídas em Brasília

9 Dez 2004 - 15h53
Mais de 10 mil armas de fogo foram destruídas na manhã desta quinta-feira (9) em frente ao Memorial JK, em Brasília. A cerimônia marca o início das atividades do Centro de Treinamento em Segurança Pública para América Latina e Caribe (Cespalc). O projeto é uma parceria do Ministério da Justiça e da Organização das Nações Unidas (ONU) para promover a troca de experiências entre esses países na área de segurança pública.

As armas foram recolhidas no Distrito Federal, na região do Triângulo Mineiro e no Tocantins como parte da Campanha do Desarmamento. Em quatro meses, a população já entregou mais de 190 mil armas de fogo para serem destruídas. Para o secretário de Nacional de Segurança Pública, Luiz Fernando Corrêa, esse resultado é a resposta da sociedade para a construção de um país mais seguro.

De acordo com estatísticas da ONU, cerca de 40 mil pessoas morrem anualmente por causa do uso de armas de fogo. Segundo o ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, "só no ano passado, incidentes com armas de fogo custaram ao Sistema Único de Saúde (SUS) mais de R$ 400 milhões".
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval
FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu
CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro
EDUCAÇÃO - FIES - INSCRIÇÕES
Fies abre inscrições nesta segunda com 155 mil vagas para 2º semestre
BOA NOTICIA
Preço da gasolina nas refinarias cai para R$ 1,997
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Karola vira escrava sexual de Remy
BRIGA DE RUA
Homem morre pendurado em grade