Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Maioria dos alunos de MS estuda em escolas estaduais

26 Out 2004 - 10h14
Mato Grosso do Sul tem 696.863 alunos matriculados na educação básica e a maior parte deles, 321.549, o equivalente a 46,1%, estuda nas 363 escolas da rede estadual de ensino e nos 32 centros de educação infantil. Esses e outros dados são do Censo Escolar 2004, divulgado recentemente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). A pesquisa registrou um acréscimo de 3.366 (0,49%) alunos matriculados em escolas estaduais, municipais, particulares e federal.

As redes municipais de ensino são responsáveis por 288.193 alunos, o que representa 41,35% do total. As escolas particulares respondem por 86.144 estudantes (12,36%), e o governo federal (Colégio Militar de Campo Grande) por 977 (0,14%).

Este ano, o número global de matrículas na rede estadual – referente a educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, educação especial, educação de jovens e adultos e educação profissional - caiu 3,28% em relação a 2003: de 332.444 para 321.549.

A principal redução aconteceu no ensino fundamental: de 195.770, em 2003, passou para 184.455 este ano, ou seja, um decréscimo de 5,78%. O secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima, explica que essa queda é técnica e não preocupa. “Tivemos esse decréscimo na nossa rede de ensino devido a essa modalidade que, legalmente, é de responsabilidade das prefeituras. As escolas estaduais continuam atendendo o ensino fundamental (de 1ª a 8ª séries) nos 63 municípios que não têm condições para oferecer essa modalidade de ensino às crianças.”

Demanda crescente - O ensino médio nas escolas estaduais teve um aumento de 0,26% de alunos matriculados. De 86.105 passou para 86.321 estudantes. “A tendência é que a cada ano essa procura aumente. Toda a equipe da Secretaria de Educação está se empenhando para oferecer um estudo diferenciado e qualificado para esses alunos que estão ingressando tanto nas universidades quanto no mercado de trabalho”, declara o secretário.

Em 2004, as matrículas na educação infantil da rede estadual aumentaram 1,87%. Eram 3.682 crianças de 0 a 6 anos estudando nessa modalidade e hoje são 3.752.

A educação especial teve queda, de 2,37%, “porque alguns alunos com necessidades educativas especiais, através dos projetos oferecidos pela Secretaria de Estado de Educação (SED), conseguiram ser incluídos nas classes comuns (salas regulares)”, argumenta a coordenadora de Educação Especial da SED, Vilma Vitoratto.

Já o decréscimo de 0,54% na EJA justifica-se, segundo a gestora de Educação de Jovens e Adultos da secretaria, Maísa Vargas Veiga, pelo fato de que “mais escolas (municipais e particulares) estão oferecendo essa modalidade, existem aqueles alunos que conseguem concluir os estudos, e também por causa dos resultados positivos alcançados, pelos alunos, nos Exames Supletivos”, observa.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM - MS - TRILHA SUBMERSA
Chuvas mais uma vez deixa a Trilha do Recanto Ecológico Rio da Prata submersa, ASSISTA
CRIATIVIDADE
Mulher consegue emprego após 5 horas no semáforo com cartaz
BONITO - MS - PACOTE DE PÁSCOA
Que tal curtir o feriado de Páscoa em Bonito MS?, confira o pacote especial do Águas de Bonito
TERROR NA ESCOLA
Homem é morto a tiros enquanto buscava filho na escola
TARADÃO
‘Peladão’ aterroriza mulheres em bairro nobre
MUNDO MEDONHO
Apaixonada pelo genro, sogra rouba nudes dele no celular da filha
QUEIMOU
Mulher queima partes íntimas do marido ao descobrir que ele abusava da filha – Veja VÍDEO
ASSALTANTES
Ônibus de turismo é parado a tiros por ladrões. Motorista foi baleado
SOFRE BULLYING
Estudante posta foto com pistolas e ameaça invadir escola
DROGAS
Mulher morre após cinco horas de sexo sem interrupção