Menu
prefeitura VICENTINA Março 2019
sexta, 22 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Maior chuva em 500 anos desola sudoeste da China

6 Set 2004 - 17h13
Pelo menos 76 pessoas morreram como resultado de chuvas torrenciais no sudoeste da China. Cerca de 70 estão desaparecidas, no que a agência de notícias chinesa Xinhua descreve como as tempestades mais destruidoras do ano na província de Sichuan e em Chongqing.

Muitas das mortes foram causadas por inundações e deslizamentos de terra sobre vilarejos na área montanhosa. Meteorologistas dizem que a chuva, classificada como a mais forte nos últimos 500 anos, deve continuar até terça-feira (07).

A área mais afetada é a cidade de Dazhou, na província de Sichuan, que perdeu toda a ligação por terra com outras cidades. Autoridades locais fizeram apelos à força aérea chinesa por suprimentos. As tempestades começaram na quinta-feira (02) e prosseguiram sem interrupção por quase cinco dias.

Até agora o prejuízo foi calculado em US$ 19 milhões (cerca de R$ 55,6 milhões), segundo a equipe de resgate. Segundo a Xinhua, "departamentos do governo fizeram planos de emergência, organizando operações de resgate e dando abrigo a moradores locais".

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM - MS - TRILHA SUBMERSA
Chuvas mais uma vez deixa a Trilha do Recanto Ecológico Rio da Prata submersa, ASSISTA
CRIATIVIDADE
Mulher consegue emprego após 5 horas no semáforo com cartaz
BONITO - MS - PACOTE DE PÁSCOA
Que tal curtir o feriado de Páscoa em Bonito MS?, confira o pacote especial do Águas de Bonito
TERROR NA ESCOLA
Homem é morto a tiros enquanto buscava filho na escola
TARADÃO
‘Peladão’ aterroriza mulheres em bairro nobre
MUNDO MEDONHO
Apaixonada pelo genro, sogra rouba nudes dele no celular da filha
QUEIMOU
Mulher queima partes íntimas do marido ao descobrir que ele abusava da filha – Veja VÍDEO
ASSALTANTES
Ônibus de turismo é parado a tiros por ladrões. Motorista foi baleado
SOFRE BULLYING
Estudante posta foto com pistolas e ameaça invadir escola
DROGAS
Mulher morre após cinco horas de sexo sem interrupção