Menu
SADER_FULL
sábado, 18 de agosto de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Maciço florestal de MS pode ser o maior do mundo prevê Junior Mochi

15 Jul 2010 - 16h10Por Fátima News com assessoria

O maciço florestal de Mato Grosso do Sul, um dos maiores do Brasil, passará a ter um crescimento excepcional nos próximos anos e se tornará uma das maiores reservas florestas plantadas do mundo, avançando uma extensa área de Campo Grande a Três Lagoas. A avaliação é do deputado estadual Junior Mochi (PMDB), que participou da I Semana da Madeira e da Floresta em Ribas do Rio Pardo, que reúne palestrantes de vários estados do Brasil e do mundo. O evento, que começou na segunda-feira (12), termina amanhã (16).

Junior Mochi participou ontem do encontro e visitou as instalações da empresa Vetorial, grupo familiar que foca suas atividades no setor minero-siderúrgico, mais especificamente na produção de ferro gusa a carvão vegetal. Trata-se, segundo o deputado, do “gusa verde” que é a  produção de ferro gusa com carvão vegetal produzido por florestas plantadas.

“Ficamos impressionados não só com a qualidade do evento que reuniu grandes lideranças sobre o assunto, como também pela contribuição que esse setor proporcionará para o meio ambiente”, comentou Junior Mochi depois de visitar outra empresa, a Ramires Reflorestamentos, que atua no fornecimento de madeira de pinus e eucalipto para serrarias e laminadoras de Mato Grosso do Sul.

O deputado diz que a silvicultura é a que mais cresce hoje em Mato Grosso do Sul e que surge numa boa hora, de diversificar a matriz econômica do Estado. “A silvicultura  e as indústrias a ela agregadas representam  hoje um grande potencial para investimento no Estado”, afirma Junior Mochi que prevê a geração de centenas de novos empregos.

Junior Mochi visitou também a Ramires Reflorestamento, que possui, segundo  o deputado, o maior maciço florestal do Estado. “Testemunhei também a preocupação da referida empresa com a produção de mudas da mais alta qualidade genética na área de eucalipto”, comentou.

Grande defensor da diversificação econômica em Mato Grosso do Sul, Junior Mochi, candidato à reeleição, garante que a exploração de florestas plantadas no Estado poderá  gerar a instalação de grandes indústrias e gerar centenas de emprego e renda. “Precisamos criar novas oportunidades de trabalho e diversificar nossos potenciais econômicos e o reflorestamento e todo processo que norteia essa atividade prometem corresponder a essas expectativas”, comentou o deputado.

O empresário Ramires Junior, que comanda a empresa (Ramires Reflorestamentos) há 37 anos, disse que “a gente quer mostrar aqui que eucalipto não é só para fazer ‘carvão, não é só ter madeira pra energia, ele pode fazer móveis e outros produtos, produzindo outras alternativas que o eucalipto pode trazer”, afirma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME PASSIONAL
Marido flagra esposa com suposto amante e caso termina em morte
NOVELA GLOBAL
Remy pode não ter morrido em 'Segundo sol'; veja os indícios
TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato
BRIGA DE FAMILIA
Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Zefa rompe com Severo: 'Você não merece nada de bom de mim!'