Menu
SADER_FULL
quinta, 18 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Lula estuda pacote para salvar clubes endividados

29 Jun 2004 - 15h54
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer evitar que clubes tradicionais fechem as portas por causa das dívidas. Um programa de ajuda financeira do governo foi discutido nesta terça-feira em uma reunião com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, e o ministro do Esporte, Agnelo Queiroz.

"Ele citou alguns clubes que não podem, de maneira nenhuma, pela história que têm, desaparecer do contexto do futebol brasileiro. Obviamente citou o dele, o Corinthians, e eu citei o meu, que é o Flamengo", explicou Teixeira.

O Flamengo, por exemplo, deve aproximadamente R$ 200 milhões. "Eles arrecadam menos do que gastam porque têm dívida anterior grande. Eu tenho certeza de que, quando se equacionar a dívida dos clubes, eles passarão a ter lucro", completou o presidente da CBF.

O Ministério do Esporte estuda um pacote de medidas para socorrer os clubes. Uma delas é estimular a implantação do Clube Formador de Atleta. O objetivo da proposta é garantir mecanismos para que o time responsável pela formação do jogador consiga manter o atleta no clube. Em caso de venda, parte do dinheiro negociado iria para o time formador.

Outra proposta é a de criar uma legislação trabalhista específica para jogadores de futebol. Um projeto de lei está em análise no ministério. Agnelo Queiroz explica que a relação entre um jogador e o clube não pode ser considerada a mesma daquela estabelecida entre as empresas e funcionários.

A terceira medida é a renegociação das dívidas dos clubes por meio da criação de uma loteria da Caixa Econômica Federal com símbolos dos times. Parte do dinheiro arrecadado com a venda dos bilhetes da Timemania seria destinada ao pagamento do saldo devedor dos clubes. A maior parte das dívidas é com a Previdência Social, INSS e Receita Federal, além dos pagamentos de ações trabalhistas. De acordo com o ministro do Esporte, a idéia é implantar a nova loteria no segundo semestre.

Copa

Segundo Texeira, o Brasil tem condições de realizar uma Copa do Mundo de 2014. "O presidente colocou toda a estrutura do governo para que o país tenha a possibilidade de fazer essa Copa. Eu tenho certeza absoluta que tem", disse.

A Fifa já definiu que a Copa de 2014 será realizada em um país da América do Sul. O Brasil tem até dezembro de 2006 para apresentar sua candidatura. A decisão oficial sai em 2008. "Nós teremos pelo menos seis anos para fazer as obras", completou.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto