Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 24 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Lula diz pensar em "grandes projetos" para 2005

6 Set 2004 - 15h50
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que o governo está preparando agora as condições para o crescimento econômico em 2005, depois de ter garantido a expansão deste ano. "Eu já estou pensando em 2005. Em 2004, o crescimento já está consolidado. Nós agora estamos pensando nos grandes projetos de infra-estrutura para 2005, porque o Brasil não pode parar", disse Lula em seu programa de rádio quinzenal Café com o presidente.

Lula, no entanto, não mencionou no programa quais seriam os projetos de infra-estrutura que estão sendo pensados. Bastante otimista, o presidente disse esperar que "as pessoas percebam que nós estamos no caminho certo" e ressaltou que os últimos resultados econômicos são decorrentes do esforço realizado em 2003.

"Isso foi plantado desde o ano passado, ou seja, você não começa a crescer hoje porque investiu ontem. Nós investimos neste crescimento há um ano. Há um ano e meio que a gente vem preparando as condições para que o crescimento se dê". Ao mesmo tempo, repetiu que o governo não vai "brincar com a economia" nem procurar soluções mágicas adotadas no passado.

 

Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção