Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Lula desiste de aumentar tributo das empresas

21 Jul 2004 - 07h14
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu não aumentar de 20% para 20,6% o percentual da contribuição previdenciária dos empresários como forma de garantir o pagamento da dívida de R$ 12,3 bilhões do governo com os aposentados, determinado pela Justiça.

O anúncio foi feito há pouco, no Palácio do Planalto, pelos ministros Antonio Palocci (Fazenda), José Dirceu (Casa Civil) e Amir Lando (Previdência Social). Ao invés de aumentar a carga sobre os empresários, o presidente pediu ao ministro Palocci que coloque em prática medidas compensatórias ao governo. “O presidente está sensível às solicitações e pediu que readequássemos o percentual de 20,6%”, disse Palocci

Entre as medidas compensatórias que serão aplicadas pelo governo, está a edição, ainda esta semana, da Medida Provisória que reduz em R$ 100,00 o cálculo da quantia declarada para o pagamento do Imposto de Renda de Pessoas Físicas. Segundo o ministro Palocci, as medidas compensatórias vão garantir receita maior para o governo do que o aumento da contribuição previdenciária dos empresários. “Vamos adequar o conjunto de medidas para a nossa necessidade de caixa”, disse Palocci.

O ministro ressaltou que o presidente Lula ficou sensível ao pedido dos empresários de não aumentar a carga na folha de pagamento e, por isso, determinou o pacote de medidas compensatórias. O ministro da Previdência, Amir Lando, disse que a decisão de Lula não foi um recuo do governo diante dos protestos surgidos desde o anúncio de que o aumento da contribuição dos empresários poderia ser aplicada pelo governo. “Eu disse que o acordo seria levado à decisão presidente. A idéia não tinha caráter definitivo”, afirmou o ministro.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'