Menu
SADER_FULL
domingo, 21 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Lula decide demitir Ministro da Defesa e presidente da Infraero

20 Jul 2007 - 10h45

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva já decidiu demitir o ministro da Defesa, Waldir Pires, e o presidente da Infraero, José Carlos Pereira, conforme a edição desta sexta-feira do jornal Folha de São Paulo.

A demissão de ambos foi defendida nesta semana com veemência pela senador Valter Pereira (PMDB-MS), bem como pelos deputados federais Nelson Trad e Waldemir Moka, ambos do PMDB.

De acordo com o jornal paulista, a decisão foi tomada logo depois do acidente com o Airbus da TAM, na última terça-feira, e as demissões devem acontecer até a próxima semana. O presidente teria dito que a situação dos dois se tornou "insustentável".

Desde a queda do Boeing da Gol, em setembro do ano passado, tem-se cogitado a demissão do ministro. Waldir Pires tem 80 anos e está no cargo desde abril de 2006, antes o vice-presidente José Alencar comandava a pasta – a volta dele não está descartada.

Segundo a Folha, a avaliação do Palácio do Planalto é que Pires não tem culpa no caso do acidente da TAM, mas que sua incapacidade de encontrar soluções para a crise aérea que vem se arrastando há 10 meses é patente. Já o brigadeiro José Carlos Pereira chegou a dizer ontem que estava pronto para deixar o cargo.

Chamado às pressas pela ministra chefe da Casa Civil para uma reunião no Planalto, ele afirmou se sentir injustiçado e disse que o acidente com o Airbus da TAM não foi causado por problemas na pista de pouso.

Reunião e pronunciamento – Nesta sexta-feira está prevista uma reunião do Conac (Conselho de Aviação Civil), órgão de assessoramento do presidente da República para a formulação da Política de Aviação Civil, encontro convocado por Waldir Pires.

Em seguida, o presidente Lula fará um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão. Ele deve prestar condolências às vitimas da tragédia, que matou pelo menos 211 pessoas, e anunciar as novas políticas do governo para o setor aéreo.

Entre as mudanças que o presidente anunciará estão a redução do número de vôos e restrições ao uso do aeroporto de Congonhas. Lula também pretende reforçar os poderes do Conac, transformando-o em um "ministério da crise".

 

Conjuntura Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura