Menu
SADER_FULL
segunda, 19 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Lula anuncia R$ 12 bilhões para o Plano Safra 2007/2008

27 Jun 2007 - 10h18
 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lança logo mais, às 11h30 desta quarta-feira (dia 27), o Plano Safra da Agricultura Familiar 2007/2008, com previsão R$ 12 bilhões em investimentos para custeio, aplicações e comercialização do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar).

Com este valor, o governo trabalha para que sejam assinados 2,2 milhões de contratos, uma vez que os R$ 12 bilhões, investimento recorde, representam aumento de cerca de 10% dos valores médios financiados.

O Brasil possui aproximadamente 1,4 milhões de famílias agricultoras, responsáveis por 77% das ocupações produtivas e geração de empregos no campo. Dados do governo federal mostram que cerca de 60% dos alimentos que chegam à mesa das famílias brasileiras e da matéria-prima de muitas indústrias vêm da agricultura familiar.

No lançamento do Plano Safra 2007/2008, o Ministério do Desenvolvimento Agrário oficializará algumas novidades no novo Pronaf, que entra em vigor dia 1º de julho.

Conheça as principais delas:

1. Ampliação dos limites de financiamento para ajudar os agricultores a arcar com insumos agrícolas e potencializar a produção, evitando o risco de perda da lavoura por questões climáticas. Dependendo do grupo em que está classificado o pequeno produtor, os tetos para financiamento podem chegar a R$ 10 mil.

2. As taxas de juros cobradas dos agricultores, que na última safra eram de 1% a 7,25%, foram reduzidas, com variação de 0,5% a 5,5% ao ano. Para as famílias com mais baixa renda, a redução será de 50% nos financiamentos.

3. Aumento das parcerias entre governo federal e estaduais para garantir mais abrangência e qualidade aos serviços de Ater (Assistência Técnica e Extensão Rural). Em princípio serão atendidos 2 milhões de agricultores familiares a partir da capacitação de 15 mil técnicos pelo Dater (Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural).

4. Lançamento do Pronaf ECO, programa destinado a garantir o uso de tecnologias de energia renovável, como o uso da energia solar, eólica, biomassa e mini-usinas para biocombustíveis. Estão previstos financiamentos para projetos de tecnologias ambientais, silvicultura e atividades florestais a juros que variam de 2% a 5,5% ao ano, com prazo de carência de até 8 anos.

5. Liberação de cerca de R$ 10 milhões para agricultores familiares investirem no cultivo de cana-de-açúcar para a produção de etanol.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Gabriel se declara para Luz e os dois se beijam
MULHERES TEM QUE DENUNCIAR
Jovem posta foto com rosto inchado para denunciar agressão do namorado
ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto