Menu
SADER_FULL
domingo, 26 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Lucinéia quer quebra-molas em várias ruas de Gl. de Dourados

23 Ago 2007 - 08h57

A Vereadora Lucinéia Marinho de Oliveira (DEM), na Sessão da Câmara Municipal de Glória de Dourados, apresentou uma indicação para que seja encaminhado a Prefeita Municipal Vera Regina Dalcin Baur, no sentido de providenciar a construção de um quebra-molas na Rua 7 de Setembro, no prolongamento da mesma, trecho que parte da Rua Angélica até a Rua Duque de Caxias, bem como, na mesma Rua 7 de Setembro no trajeto entrelaçado entre a Avenida Couto Magalhães à Rua Bahia”.

Na condição de legisladora, “sinto-me honrada na missão que Deus e o Povo me concedeu de procurar zelar pelo patrimônio público, fiscalizar, reivindicar e participar com lisura e determinação nas ações impregnadas pelo Poder Legislativo, do qual, sinto-me lisonjeada em defender a população desta terra e, como não poderia deixar de ser, manifesto minha perseverança de que a Ilustre Prefeita irá tratar com o maior carinho a nossa modesta, porém, séria indicação”.

 

Quero detalhar nesta matéria indicativa aos Ilustres Companheiros com assento nesta Augusta Casa de Leis que desde quando foi construída a pavimentação asfáltica na Rua 7 de Setembro, urge a extrema necessidade de se construir quebra-molas na referida rua. Hoje em dia nós convivemos com a velocidade do tempo, entretanto, há aqueles que extrapolam de forma irresponsável, principalmente no comando de um veículo motorizado. Estamos caminhando com a velocidade, porem, é necessário que tenhamos o bom senso e o mínimo de sensibilidade e responsabilidade à frente de um volante, coisa que não acontece com muitos, que abusam de forma exorbitante da potência do veículo, colocando em risco a vida de seres humanos, principalmente de crianças que na maioria das vezes sentem-se indefesas sem saber como se proteger dos chamados ‘voadores terrestre’. Para se ter uma idéia, o trecho mencionado corresponde a 10 quadras pavimentadas, isto, representa cerca de um quilômetro de rua asfaltada sem nenhum obstáculo sequer, alertou Lucinéia.

 

Com base na exposição de motivos, acredito ainda na sensibilidade daqueles que governam e tocam os destinos desta terra e desse povo gloriadouradense. Com esse intuito, mais uma vez volto a esclarecer que a Rua 7 de Setembro é um perigo iminente para os que nela caminham, principalmente os nossos ‘pequeninos’e também ciclistas. Peço encarecidamente que o mais rápido possível coloque na pauta de prioridades a construção de 04 (quatro) obstáculos tipo quebra-molas com a devida sinalização, inclusive com sonorizador, isto, para que não tenhamos que ouvir de forma profundamente lamentável e chocante, comentário através das pessoas ou das emissoras de rádio anunciando uma verdadeira tragédia na rua em que nós estamos reivindicando essas obras, rua que sempre se verifica a presença de crianças brincando com bola e outros brinquedos de lazer, principalmente no decorrer da tarde. Faz-se necessário ressaltar também que, “atrás de uma bola, sempre vem uma criança”, finalizou a vereadora.

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'
COISA DE DOIDO
Sucuri ataca bombeiro durante resgate em SP; assista!
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda