Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Londres discutirá renúncia de deputados eleitos a prefeito

26 Out 2004 - 13h40

Na próxima quinta-feira (28) deverá ocorrer a reunião para discutir a possível renúncia dos parlamentares eleitos a prefeito e consequentemente a antecipação da posse dos suplentes. A informação foi do deputado Londres Machado (PL), presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, na manhã de hoje (26). Do encontro participarão os líderes dos partidos na Casa e os deputados Nelsinho Trad (PMDB), Simone Tebet (PMDB) e Flávio Kayatt (PSDB) que conquistaram, respectivamente, as prefeituras de Campo Grande, Três Lagoas e Ponta Porã.

Londres disse que vai se buscar o consenso para a renúncia, o que permitiria que os três suplentes – Bela Barros, Humberto Teixeira e Valdenir Machado – pudessem ser empossados na primeira quinzena de dezembro, antes do início do recesso parlamentar. Neste caso, a eleição da Mesa Diretora também seria antecipada, conforme projeto tramitando na Casa, e que teria a participação desses deputados.

Os três suplentes já manifestaram ao presidente da Casa o desejo de participar da eleição da nova Mesa Diretora. Na manhã de hoje, Londres disse que a renúncia dos deputados eleitos permitiria que fossem prestadas homenagem como forma de reconhecimento ao trabalho que desenvolveram nesses anos para o fortalecimento do Legislativo, como também daria condições para que os suplentes fossem recepcionados “mostrando a eles que estarão chegando com toda a força”.



BANCADA



Na manhã de hoje a bancada do PL formada, além de Londres Machado, pelos deputados Paulo Corrêa e Antônio Carlos Arroyo, reuniu-se com o presidente do partido, Bernardo Elias Lahdo. Durante o encontro, segundo Lahdo, foram tratadas questões afetas às duas secretarias de Estado – Saúde e a da Juventude, Esporte e Lazer – que integram a cota do partido. O atual titular da Saúde, João Paulo Esteves, foi confirmado no cargo e o outro órgão terá no comando o prefeito de Amambaí, Dirceu Lanzarini e presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul).

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação