Menu
SADER_FULL
domingo, 15 de setembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Linux pode violar mais de 280 patentes, diz estudo

2 Ago 2004 - 14h52
O Linux --sistema operacional de código aberto que pode ser copiado e modificado livremente-- potencialmente viola 283 patentes, incluindo 27 que pertencem à Microsoft, de acordo com um estudo.

A avaliação foi conduzida por Dan Ravicher, fundador e diretor executivo da Public Patent Foundation. Ele fez o estudo para a OSRM (Open Source Risk Management), empresa que vende seguros contra violação de patentes para empresas que usam Linux.

Na opinião de Ravicher, 283 patentes podem ser uma base para o número de processos contra o Linux. Ele acredita no entanto, que muitas das patentes em questão podem ser invalidadas depois de julgamentos.

Em média, metade das patentes nos Estados Unidos são invalidadas depois de julgamentos, disse ele ao site "CNET News.com" (news.com.com). O número também não é alto para um software como o Linux, afirmou. A Microsoft, por exemplo, sofre vários processos por causa de patentes.

Contornos

No estudo, foram examinadas as versões 2.4 e 2.6 do kernel (ou coração) do Linux. Das 283 patentes, 98 são de empresas que incentivam o uso do sistema operacional de código aberto: 60 são da IBM, 20 são da HP e 11 são da Intel.

Além disso, os programadores de Linux vão contornar qualquer violação de patente que possa surgir, disse Stuart Cohen, diretor executivo do Open Source Development Labs, um consórcio sobre Linux que tem entre seus integrantes Linus Torvalds, criador do sistema operacional de código aberto.

"Como dissemos antes, a OSDL está preparada para trabalhar com a comunidade de desenvolvimento para remediar qualquer código no Linux que viola os direitos legais de terceiros, e vamos estender esse compromisso para qualquer violação de patente", afirmou Cohen.

O processo mais famoso de empresas contra o sistema de código aberto é movido pela SCO contra a IBM --uma das principais entusiastas do sistema. A IBM é acusada de usar código da SCO para desenvolver o Linux.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
ACIDENTE FATAL
Câmera de segurança registrou acidente fatal de enfermeira. VEJA O VÍDEO
MONSTRUOSIDADE
Homem que matou mãe e filha em Cascavel escreveu carta. Bebê tomou mamadeira “batizada”
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mulher e marido são presos suspeitos de estuprar menina de 11 anos que dormia na casa deles
SUPERSTIÇÃO
Primeira sexta-feira 13 do ano com noite de lua cheia pode ser perigosa, alerta taróloga
ESPORTE
Poderá o poker se tornar olímpico?