Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Leishmaniose faz 4ª vítima em Três Lagoas

18 Ago 2004 - 15h53
Quatro pessoas morreram este ano, vítimas da leishimaniose, em Três Lagoas, município que fica a 326 quilômetros de Campo Grande. O último caso foi registrado neste final de semana.

A Secretaria Municipal de Saúde de Três Lagoas, informou que somente em 2004, foram 23 casos da doença. De acordo com a gerente de Vigilância em Saúde, Gislene Tabox Saiar, um homem de 50 anos, que não foi identificado, foi a última vítima fatal da leishimaniose no município. “Há quatro anos trabalhamos no combate a leishimaniose. Realizamos combate químico, conscientização e ainda mutirão de limpeza e saúde. Infelizmente algumas pessoas insistem em manter vivo o animal que está doente. Esses animais devem ser entregues para o sacrifício, pois eles continuam transmitindo a doença”, explicou Gislene.

A leishimaniose é transmitida pelo mosquito flebótomo, que diferentemente da dengue, se prolifera em matéria orgânica em decomposição. Já o mosquito da dengue, se prolifera em locais com água limpa parada.

No mês de junho, o Centro de Controle de Zoonoses divulgou uma pesquisa sobre os hábitos do mosquito transmissor da leishimaniose. Em um ano de trabalho, os técnicos do centro de Controle de Zoonozes de Campo Grande conseguiram informações importantes sobre o mosquito flebótomo.

Souberam, por exemplo, que ele se prolifera inclusive no inverno e está presente em todas as regiões da cidade. Quando os terrenos estão limpos, fica mais difícil para o flebótomo chegar até os cães que atuam como hospedeiro do mosquito.

A população de cães na Capital é de 130 mil animais, até fevereiro, cinco mil cães com leishimaniose foram sacrificados, sendo que 70% dos cães, que chegam ao Centro, estão com leishmaniose.
 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho