SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 22 de fevereiro de 2018
UNIPAR_468
RIO_DOURADOS
1 de julho de 2010 18h27

Leia o artigo “Holanda 5 x 4 Brasil” por Silva Junior

Fátima News com assessoria

Holanda 5 x 4 Brasil...

 

 

*Silva Junior

 

 

 

Igualmente, o atleta não é coroado se não lutar segundo as normas – 2 Timóteio 2:5

 

 

Depois de enfrentar três adversários na classificatória – Coréia do Norte, Costa do Marfim, Portugal e o Chile na segunda fase da Copa do Mundo, na África do Sul, a Seleção Brasileira tem pela frente mais um desafio gigantesco, a poderosa esquadra holandesa. Os compromissos tem sido duros e não poderiam ser diferente. Aliás, em copa do mundo não tem essa de meio barro, meio tijolo, é alta rotação o tempo todo.

 

A peleia, como diz o rio-grandense, será disputada nesta sexta-feira, 3, de julho, a partir das 10h, horário sul-mato-grossense. Promete ser um pega sensacional envolvendo duas escolas tradicionais e respeitadas no cenário esportivo mundial e a disputa pela bola (jabulani) será de sair faísca. Em tese as duas equipes são instruídas para praticar futebol, que é uma arte das mais cobiçadas mundialmente.

 

Esse choque tem tudo para mostrar a sagacidade de quem está preparado, principalmente psicologicamente, para enfrentar grandes embates. Certamente a atenção dos atletas nesses minutos que antecedem a partida está a mil, não vêem a hora de começar o jogo, que será observado por milhões de habitantes em todo o Planeta.

 

O momento reserva enorme expectativa nas bolsas de apostas. Uns apontam vitória do Brasil e logicamente, outros não tem dúvidas do sucesso holandês. É salutar torcer, reunir amigos, promover bolões, o que ninguém espera é deixar o torneio nessa reta de chegada.

 

A partida tem todos os ingredientes para prender a atenção dos desportistas e até daqueles não muito afoitos pela modalidade e que da mesma maneira devem ser respeitados. Particularmente, entendo ser um confronto truncado, apesar da força ofensiva, técnica e individual dos vinte e dois profissionais em campo, é jogo para no máximo três gols, apresentando placar de um a zero, dois a um ou um a um, o que exceder disso é anormal, é fora do planejado, mas pode eventualmente ocorrer.

 

Independente de circunstâncias, o Brasil exerce uma força extraordinária nesse segmento, não só pelas cinco conquistas, mas inegavelmente por ser uma das equipes com maior presença em todas as copas. Também é verdade que o time atual não agrada boa parte dos brasileiros, que o olham com certa reserva e ainda não tem certeza do poderio de fogo dos meninos/maduros do Dunga e do Jorginho.

 

O show holandês de 1974, a famosa “Laranja Mecânica”, que meteu dois a zero no Brasil na semifinal e o troco brasileiro em 1994, três a dois, são resultados que dificilmente se repetirão no combate deste final de semana, sendo mais provável aquele um a um na França em 98, no tempo regulamentar e vitória brasileira nos pênaltis.

 

No geral, a Holanda leva vantagem de um gol sobre o Brasil, marcou cinco e sofreu quatro nos três duelos disputados até hoje entre as seleções em mundiais.

 

Pela força e tradição o futebol brasileiro entra em campo como grande favorito, mas a realidade mostra que não é bem assim. A globalização aterrisou nos demais campos e o que para nós é natural (ginga, drible, ousadia, entre outros), para os gringos o aprendizado tornou-se obrigatório. Tomara que o retrospecto de classificação beneficie o lado de cá! No mais é preparar a pipoca, reunir o grupo e torcer por um bom espetáculo.  

 

 

 

*Bacharel em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo formado pelo Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran)

 

 

 

Em Breve

 

Cá Taremos 

 

 

Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
UNIPAR_300
FORTALEZA
Últimas Notícias
  
SADER_LATERAL
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.