Menu
PASSARELA
segunda, 18 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Leia o artigo "Dois Dedos de Prosa" de André do Paladino

29 Nov 2004 - 09h39

DOIS DEDOS DE PROSA

 

 

 

*André do Paladino

 

 

A polemica BADÉRNA E ANÁRQUIA que se tornou o bagunceiro desordenado envolvendo os sem – terra, sem – teto, os sem - vontade de trabalhar, e, até, os sem – vergonha, é o tema.

É claro que este comentário exige antes, que se dê uma passada de olhos no “amansaburro”, para definir às palavras titulo:- baderna - s.f., súcia de rapazes ou malta, pândega, briga, bagunça, desordem... Anarquia – s.f., negação do principio de autoridade. Falta  de govêrno ou chefe. Desordem, confusão, desmoralização.

A noticia diária da grande mídia “propaga” o fechamento de estradas por sem - terra ou por índios que reivindicam a “a terra dos seus ancestrais”. Ou assentamentos não estão se importando com o prejuízo dos “outros”. Eles querem. Na verdade, não tem o que fazer mesmo. A não ser transgredir a Lei. Mesmo sendo “protegidos” e até amparados por ela. É uma esbórnia.

Os sem - terra, recebendo cesta básica, assistência médica e odontológica e até, jurídica, além da condução para suas incurções, protestam e sublevam armados (com instrumentos perfuro cortantes usados na “roça” (?)facões, foices, cadanhos   tridentes e rastéis, que, criminalmente, possuem o poder destruidor de um revolver ou cartucheira,ou mesmo de um fuzil ou pistola, usado por quem tem “direito” de exercer a vigilância dos Centros Urbanos.

De outro lado, a “selvageria” indígena reividicando terras “produtivas” – aquelas que já estão produzindo e sendo cultivadas por mais de meio século pelos “brancos. Não se contentam eles com alguns ‘alqueires”. Querem extensões de “terra boa”, alegando que é “pra tirar o sustento do nosso povo”, que no final é resumido em meia dúzia de famílias. E aqui convém lembrar os costumes selvicolas: - as mulheres trabalham e os homens são “guerreiros”. E o indio é inimputável. Mesmo quando comete as maiores atrocidades, contra os “brancos”: invadindo e queimando as propriedades, praticando o vandalismo nas plantações, sacrificando a criação (porcos, gado, galinhas peixe) e outros produzidos por quem trabalha de sol a sol. Ate seqüestros são praticados por eles ... E tudo bem. É uma esbórnia.

O exemplo já foi “copiado” por aqueles “que não tem casa”. Os que vivem no “aluguel”: os sem – této. Os que vivem “axacando” aos que estão na miserabilidade. A ação deles é invadir prédios em construção; ou abandonados; ou sub-judíci, com a alegação de não terem onde ficar. Usam nesta “empreitada” crianças e idosos como escudo    na sua façanha. Nessa anarquia, tem o acompanhamento de “políticos exdrúxulos”, que ao invés de estarem equacionando os problemas de “direito do cidadão”, ficam fazendo media na grande mídia, no afã de aparecer como um “sassámutema” salvador da pátria. O que é uma vergonha, vista que tentam levar vantagem em tudo, na Lei de Gerson. Tentam  aparecer nas coberturas dos meios de comunicação do fato acontecido, lastimando e prejudicando quem honestamente esta fazendo a reportagem e inocentemente contribuindo na divulgação.

Fato que deveria servir de alerta para que as “grandes autoridades” usassem o “Direito” de fazer “justiça”, segundo os códigos em vigência, parando – os sem vontade de trabalhar.

A perquirição nestes Dois Dedos de Prosa é: onde estão os que devem acabar com essa baderna anárquica?... E que são pagos com a força do suor do contribuinte. É esbornia ou ironia...

                                                               

 

Pércio André Roos

Percio007@yahoo.com.br

Deixe seu Comentário

Leia Também

APOCALIPSE
Ricardo (Sérgio Marone) autoriza que um navio de fugitivos seja bombardeado
LUTO NA TV
Morre o ator Fábio Tomasini, de 'Belíssima'
MONSTRO
Padrasto é preso por espancar e causar a morte de enteada de 3 anos
APELO PELA SAÚDE
MC Pikachu, internado com hidrocefalia, faz apelo: 'Rezem muito por mim'
FÁTIMA DO SUL - NA NOSSA LOJA
FÁTIMA DO SUL: Chegaram a nova coleção inverno 2018 na Nossa Loja, venha conferir as lindas blusas
Brasil X Argentina
Moradores pintam rua de azul e branco no Piauí e vão torcer para Argentina na Copa
NOVELA GLOBAL
Hoje em Segundo Sol: Beto pode desistir de Luzia
APOCALIPSE
Estela (Lisandra Souto) esfaqueia a própria filha, Talita (Laís Pinho), e provoca a morte dela.
FÁTIMA DO SUL - A COPA CHEGOU NO O BOTICÁRIO
Seleção O Boticário - itens indispensáveis para jogar bonito em Fátima do Sul
SUSTO
carro pega fogo a caminho da escola