Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 13 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Leia a coluna “Esporte e Política” de Silva Júnior

10 Ago 2004 - 08h13

PRELIMINAR   

 

Silva Júnior

 

"Esporte e Política"

                      

               

No Brasil, graças a Deus, temos o melhor sistema de viver no mundo: a democracia. Podemos expressar pensamentos e ações, discutir assuntos e divergir idéias, enfim, uma série de fatores que podem resultar em beneficio à sociedade como um todo. Neste ano, mais uma vez, vamos através do voto escolher nossos representantes, ou melhor, entregar uma carta assinada em branco, àqueles que estarão nos representando junto às câmaras municipais e prefeituras, por todo esse Brasil.

Neste ínterim, observamos as propostas apresentadas pelos postulantes aos cargos eletivos, todas baseadas na educação, saúde, segurança, trabalho e melhoria de vida para todos. Notadamente, em relação ao esporte, um dos aspectos mais importante para auxiliar e atuar até na prevenção de muitas doenças,  pouco ou nada tem se falado, e infelizmente, não faz parte do programa de muitas coligações, e até nos surpreendemos, quando alguém que não é da área, fala do assunto com desenvoltura duvidosa.

Este processo não pode ser atropelado, nem tampouco conduzido com reservas, pois pode resultar em grandes decepções, se prosseguir teimosamente sob pretexto obscuro e irresponsável. 

 

Lembrem-se

Os desportistas exercem uma força muito grande quando se trata de discutir, avaliar, decidir, discernir, cobrar, participar e escolher seus líderes. Nas minhas andanças, tenho observado o comportamento e o comprometimento de vereadores, lideranças empresariais, sociais e religiosas neste campo.

Os da área estão sempre galgando degraus. Portanto, o momento urge uma retrospectiva dos dias passados, ouvindo e analisando o presente, com vistas ao que pode representar no futuro. A escolha é livre. Neste contexto, pergunto: Como está a área esportiva e recreativa de sua cidade? Boa, mais ou menos, ruim, péssima, meia-boca ou inexistente?     

Faça uma reflexão profunda. Independente de modalidade. Você condena ou absolve os seus governantes? Quantas vezes eles estiveram presentes (fisicamente) nas atividades. Esta prosa de “já mandei elaborar um projeto revolucionário”, “mandei aquilo”, não passa de falácia, é tudo balela. Só para ter idéia, o esporte demanda parcos recursos, traz bons resultados e promove integração social impressionante. 

Cuidado. Pense naquele importante alerta do trânsito: na dúvida...

 

 

Cá taremos terça-feira que vem...

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede