Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Leão lembra Santos de 2002 para classificar Corinthians

22 Mar 2007 - 04h49
O técnico Emerson Leão encontrou em uma situação vivida por ele há pouco mais de quatro anos a fórmula para motivar o Corinthians nesta reta final de Campeonato Paulista: a campanha do Santos na conquista do Brasileiro de 2002. “Ninguém apostava na gente. Entramos com a oitava vaga e depois ganhamos dos grandes paulistas”, afirmou o treinador.

No último Brasileiro disputado em mata-mata, o Santos ficou na oitava posição na primeira fase - o time perdeu para o São Caetano na última rodada e só se classificou graças à derrota do Coritiba por 4 a 0 para o já rebaixado Gama. Nas quartas-de-final, atropelou o São Paulo, com vitórias por 3 a 1 e 2 a 1, e depois bateu o Corinthians na final, também duas vezes: 2 a 0 e 3 a 2.

A motivação de Leão serve não apenas pelo fato de o time poder alcançar a última vaga no Paulistão - para chegar, o Corinthians terá de ganhar seus cinco jogos, de acordo as contas do treinador. A confiança tem ligação, também, com a fato de a equipe ainda não ter ganho nenhum clássico no ano.

“Claro que estamos longe de ser aquele Santos e também o atual São Paulo", disse Leão, lembrando que aquele time santista tinha Diego e Robinho explodindo para o futebol. "Mas não somos apenas nós que temos de encarar os rivais em clássicos. Eles também terão de nos encarar, e com igualdade.”

O volante Daniel, que fazia parte do elenco santista naquela conquista, endossou as palavras do chefe. “Depois da classificação, o astral foi lá em cima. Ganhamos confiança com a possibilidade de se chegar ao título”, lembra. “A torcida foi junto e acabamos conquistando os bons resultados”, completou.

O jogador vê semelhanças entre 2002 e a situação corintiana agora. “Ninguém botava fé no Santos e nossa equipe estava em formação”, lembrou. No Corinthians de hoje, Leão ainda quebra a cabeça para definir um time titular. Por isso, manda o recado. “Se chegarmos entre os quatro, tudo se repete. O Corinthians cresce em decisão.”

 

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física