Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Justiça do Rio autoriza quebra do sigilo telefônico do goleiro Bruno

28 Jul 2010 - 15h20Por Folha Online

O juiz Marco José Mattos Couto, da 1ª Vara Criminal do Rio, determinou a quebra do sigilo telefônico do goleiro Bruno Fernandes para saber quais ligações foram realizadas e recebidas nos dias 12 e 13 de outubro de 2009, quando Eliza Samudio teria sido sequestrada e agredida pelo jogador.

O telefone também era usado por Luiz Henrique Romão, o Macarrão, amigo de Bruno. A quebra se refere apenas aos dois dias.

A decisão do juiz está no processo no qual Bruno e Macarrão foram denunciados por lesão corporal, sequestro e cárcere privado de Eliza. Na época, estava grávida. O filho, segundo ela, é do jogador.

Bruno nega os crimes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico