Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 21 de julho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
DOURADOS

Justiça de Dourados cassa direitos políticos de Tetila

9 Nov 2010 - 08h00Por Nicanor Coelho / Midia Max de Dourados

O ex-prefeito de Dourados José Laerte Cecílio Tetila (PT), eleito deputado estadual nas últimas eleições, terá que recorrer de decisão judicial para ser empossado. Ele teve os direitos políticos suspensos nesta segunda-feira (8) por decisão do juiz José Carlos de Paula Coelho e Souza, da segunda vara civil de Dourados.

Conforme a decisão da Justiça, além da perda da função pública e suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, Laerte Tetila terá que pagar multa de cem vezes o último salário de prefeito e ressarcir integralmente eventual dano causado aos cofres públicos.

A ação que causou a decisão judicial foi iniciada pelo Ministério Público Estadual em 2009 referindo-se a decisões administrativas tomadas em 2001, durante o mandato de Tetila como prefeito de Dourados, relacionadas à contratação de mão-de-obra através de cooperativas.

Cabe recurso no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. O ex-prefeito foi procurado pela reportagem para comentar a decisão do juiz, mas não foi encontrado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso