Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Justiça condena nove pela morte de Kin Chang

16 Dez 2004 - 06h59
O juiz Alexandre Saliba, da 4ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, condenou nesta quarta 9 dos 11 acusados pela tortura e morte do chinês Chan Kin Chang, no presídio Ary Franco. Chang foi preso em flagrante, em agosto de 2003, quando embarcava para os Estados Unidos com US$ 30 mil não declarados.

Entre os condenados estão seis agentes penitenciários e três dententos. O ex-diretor do presídio, Denis Gonçalves, e o agente penitenciário Luiz Gustavo Matias Silva foram absolvidos. As penas variam de 4 anos e meio a 18 anos, informou a rádio CBN.

Após a prisão, o chinês teria sofrido torturas de agentes penitenciários e presos e foi encontrado desarcordado pela Polícia Federal. Chang chegou a ser levado para o Hospital Salgado Filho, mas acabou morrendo no dia 4 de setembro.

Ao tomar a decisão de condenação, o juiz rejeitou a versão dos réus de que Chang teria se debatido até a morte em decorrência de um surto.

Redação Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru
FAMOSIDADES
Ex-apresentadora do ‘Vídeo show’, Alinne Prado sofre assalto a mão armada dentro de casa
RELIGIÃO
Padre é flagrado dando tapa em criança durante batismo
APOCALIPSE
André (Sidney Sampaio) é assassinado por Ricardo (Sérgio Marone)