Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 18 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Justiça bloqueia bens de ex-senador e 18 no Pará

27 Abr 2007 - 17h26
A Justiça Federal do Pará tornou indisponíveis os bens de dezenove pessoas e nove empresas envolvidas no desvio de verbas públicas da Companhia Docas do Pará (CDP). Entre os que tiveram os bens bloqueados está o ex-senador pelo Estado, Ademir Andrade (PSB).

A denúncia contra os acusados foi feita em outubro do ano passado pelo procurador-chefe do Ministério Público Federal (MPF) no Estado, Felício Pontes Júnior, que apontou a existência de uma quadrilha dentro da CDP comandada por diretores do órgão, entre eles Ademir Andrade, que na ocasião era o presidente.

Segundo Pontes Júnior, as irregularidades começavam na seleção das obras e das empresas que iriam realizá-las. Eram sempre as mesmas. Havia casos de licitações disputadas por empresas de um mesmo proprietário. Também ganhavam concorrência empreiteiras ligadas a diretores da CDP.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido