Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Juros para o consumidor atingem menor índice dos últimos 15 anos

10 Set 2010 - 09h20Por Agência Brasil

A taxa média mensal de juros para as pessoas físicas atingiu 6,75% em agosto, ante os 6,85% registrados em julho, segundo a pesquisa realizada pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

Esse percentual é o menor índice desde janeiro de 1995, quando a entidade iniciou a apuração. Até então, a mais baixa tinha sido registrada em março (6,77%).

Na média, a taxa anual caiu 2,47 pontos percentuais em agosto em relação a julho, passando de 121,46% para 118,99%.

Entre as seis linhas de empréstimos, a exceção foi o cartão de crédito, cuja correção está inalterada desde fevereiro deste ano em 10,69% ao mês.

Quem usou o dinheiro do cheque especial pagou juros de 7,45% ante 7,47% em julho. Nessa modalidade, a menor taxa mensal do ano foi constatada em janeiro (7,32%).

No caso do Crédito Direto ao Consumidor (CDC) obtido nos bancos os juros cobrados atingiram 2,37% ante 2,46%.

Em março, a taxa era inferior, de 2,33%. Nas demais financeiras, o CDC foi fixado, em média, em 4,73% ante 4,85% em julho.

Para as empresas, houve redução em todas as modalidades de empréstimos. Os empresários pagaram em média juros de 3,82% ao mês, redução de 0,03 ponto percentual na comparação com julho (3,85%), e o menor índice desde maio deste ano.

Na análise técnica da entidade, as reduções estão associadas à melhoria das condições econômicas do país e à regularização do mercado após a crise que atingiu alguns países europeus (Grécia, Portugal e Espanha).

Além disso, houve queda de inadimplência e maior competição no mercado financeiro.

A Anefac lembrou que, em agosto, a taxa básica de juros (Selic), no período de janeiro a agosto aumentou dois pontos percentuais passando de 8,75% ao ano, em janeiro, para 10,75% ao ano, em agosto.

Na mesma base de comparação, o crédito para pessoas físicas teve queda de de 2,97 pontos percentuais e os financiamentos para as empresas, elevação de 0,72 ponto percentual

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'