Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 18 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Juro bancário de pessoa física cai em agosto e atinge mínima histórica

22 Set 2010 - 10h04Por G1

Após aumento em julho, os juros cobrados pelos bancos em suas operações com pessoas físicas recuaram 0,6 ponto percentual em agosto, para 39,9% ao ano, informou nesta quarta-feira (22) o Banco Central.

Segundo a instituição, essa é a menor taxa de juros para pessoa física da série histórica da autoridade monetária, que tem início em julho de 1994. Também é a primeira vez que os juros ficam abaixo de 40% ao ano.

"O declínio da taxa de juros das pessoas físicas é explicado, principalmente, pela redução do custo relativo ao crédito consignado [com desconto em folha de pagamento] e pelo aumento da participação dessas operações na carteira de pessoas físicas", informou o Banco Central.

Segundo a instituição, os juros médios cobrados pelos bancos nas operações de crédito consignado recuou de 26,8% para 26,4% ao ano de julho para agosto.

Já a taxa média de juros dos bancos para todas operações de crédito, o que inclui pessoas físicas e jurídicas, recuou de 35,4% ao ano em julho para 35,2% ao ano em agosto. A taxa das empresas, por sua vez, foi elevada de 28,7% para 28,9% ao ano de julho para agosto, um aumento de 0,2 ponto percentual.

Principais linhas de crédito
Em agosto, os juros médios cobrados pelos bancos no cheque especial para pessoa física caíram para 165,6% ao ano, contra 167,3% ao ano no mês anterior. Apesar do recuo, o juro do cheque especial é o um dos mais altos de todas modalidades de crédito.

Para as operações de crédito pessoal com pessoas físicas, a taxa média cobrada pelas instituições financeiras caiu para 42% ao ano em agosto, na comparação com 42,2% em julho. Para a compra de automóveis, os juros recuaram de 24% ao ano em julho para 23,4% ao ano no mês passado.

No caso das linhas de crédito de empresas, a taxa para desconto de duplicata passou de 41,1% em julho para 42,8% ao ano em agosto. Para capital de giro, os juros médios dos bancos foram de 30,2% em agosto deste ano, na comparação com 29,9% em julho deste ano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados