Menu
SADER_FULL
quarta, 16 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Juíza preocupada com a ordem nas eleições em F. do Sul

2 Out 2004 - 09h49
Em entrevista concedida ontem à tarde à Rádio Globo de Fátima do Sul, a juíza eleitoral Katy Braun do Prado declarou estar preocupada com o clima acirrado que teria se desencadeado nos últimos dias com vistas às eleições municipais nos municípios de Fátima do Sul, Vicentina e Jateí.
Prometendo que vai “pegar pesado” no dia das eleições, a juíza afirmou que até a semana passada tudo se transcorria bem, mas nos últimos dias aumentaram os “riscos de ilegalidades e abuso malicioso”. Segundo a magistrada, uma das causas seriam a participação de determinados eleitores nos atos ilegais: “Enquanto tiver eleitor imoral, vão acontecer esses fatos”.
A juíza prometeu “agir com dureza” durante as eleições e revelou que sua maior preocupação é com a possibilidade de se formarem “torcidas organizadas” no dia da eleição, o que seria caracterizado como abuso de poder e aumentaria a possibilidade de atritos entre grupos.
Indagada sobre o uso de camisetas que identifiquem sua preferência de candidatos, a juiza afirmou que a manifestação é permitida, mas deve ser individual e silenciosa, ou seja, duas ou mais pessoas (inclusive marido e mulher) que estejam juntos usando o mesmo tipo de camiseta poderão ser detidos pela autoridade policial. “Não é proibido o uso de camiseta, mas, recomendo: se não quiserem ter problemas, evitem. Ou a população atende a Justiça eleitoral ou vão ter problemas durante todo o dia”, enfatizou.
Adesivos, comícios, carreatas, entrevistas, e execução pública de música de propaganda política, também estão proibidas, bem como a divulgação de pesquisas de boca-de-urna e a venda de bebida alcoólica pelo comércio (à partir da meia noite a meia noite do dia 03). A juíza finalizou a entrevista afirmando: “Se tudo estivesse correndo bem como estava até a semana passada, não teríamos problemas. À partir do momento que as pessoas foram ‘convocadas’ pra comparecer uniformizadas o problema surgiu, e é por isso que eu endureci tanto. Sinceramente não era este o meu desejo”. A juíza concluiu a entrevista afirmando que o compromisso firmado com os partidos não foi observado, e por isso “a Justiça eleitoral também vai mostrar o poder que tem. Esse poder está na caneta!”.
 
 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’
NOVA LEI
Motoristas condenados por contrabando vão perder a CNH por cinco anos
SUCATA
Jovem transforma pneus velhos em lindas caminhas para pets.
ENTRETENIMENTO
Com direito a uniforme e crachá, “cão frentista” viraliza e ganha milhares de fãs