Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 24 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Juiz nega pedido de suspensão de processo contra Beira-Mar

17 Abr 2007 - 07h55
O juiz federal Odilon de Oliveira negou o pedido formulado pela defesa de Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar de suspender o processo sobre lavagem de dinheiro que tramita contra o traficante carioca na Justiça Federal de Campo Grande. Oliveira acatou parcialmente as solicitações formuladas pelos advogados e prorrogou para até quinta-feira (19) o prazo para apresentação da lista de testemunhas e a resposta se Beira-Mar estará presente ou não durante audiência de 55 testemunhas.

A negativa foi proferida ontem por Odilon de Oliveira, que alegou “ não ter qualquer motivo para isso”, referindo-se a suspensão solicitada. A defesa de Beira-Mar alegou que o processo – que inclui ainda outros 21 réus – poderia ser separado no caso de Luiz Fernando da Costa, até que a União garantisse a segurança de todos para o andamento da ação.

O receio decorre dos pedidos feitos pelo juiz federal, para que Beira-Mar não esteja presente durante as oitivas das 55 testemunhas, que devem ser organizadas em Dourados e Amambai. Segundo Odilon de Oliveira, todas as pessoas presentes poderiam correr riscos, principalmente Beira-Mar, que teria vários inimigos na região de fronteira.

Caso da suspensão do processo em relação a Beira-Mar não fosse atendida, a defesa pediu então mais prazo para entregar a lista de testemunhas de defesa e a resposta que o cliente estará presente ou não nas oitivas. O novo prazo foi concedido e termina no dia 19, quinta-feira. Anteriormente, a data estipulada foi 13 de abril.

Beira-Mar responde a processo de crime de lavagem de dinhieiro, referente a uma agenda encontrada com ele, quando foi detido na Colômbia, em 2001. Na agenda, foram encontrados nomes de várias pessoas de Coronel Sapucaia, com conta bancária e depósitos. Para o Ministério Público Federal (MPF), isso seria um indício de crime de lavagem de dinheiro. A caderneta é alvo de outra ação, que tramita na Justiça Federal do Rio de Janeiro.

 

 

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção