Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Juiz de Caarapó negocia com índios liberação de rodovia

6 Out 2004 - 12h52
 

A Agesul (Agência Estadual de Empreendimento), regional de Dourados, vai assumir a instalação de lombadas na MS-280, em resposta à reivindicação dos índios guarani da aldeia Tey Cuê, localizada entre Caarapó e Laguna. Hoje, o engenheiro Adilson Ramão, de Dourados, vai à região para analisar os locais de instalação destas lombadas. Amanhã, a agência envia o caminhão, pá carregadeira e motoniveladora para procedimento do serviço. A MS-280 está bloqueada desde ontem à noite, após a morte de adolescente, atropelado por um caminhão.

O coordenador regional de Dourados, Jorge de Lúcia, disse que passou estas informações ao juiz de Caarapó, Valdir Barbosa, para que tenta negociar a liberação da rodovia. Jorge explicou que apesar da região ser de responsabilidade da regional de Ponta Porã, a Agesul de Dourados assumirá o serviço por ser mais próxima do local. O coordenador explicou que Adilson Ramão vai ao local também para analisar qual a sinalização necessária a ser instalada.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação