Menu
SADER_FULL
segunda, 15 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Juiz acaba com a taxa de iluminação em Bela Vista

10 Abr 2007 - 17h53
O Juiz de Direito da Comarca de Bela Vista e Caracol, Caio Márcio de Britto, concedeu liminar ao Ministério Público Estadual, ontem, determinando a suspensão da cobrança da “Contribuição Para Custeio do Serviço de Iluminação Pública” de Bela Vista. O Ministério Público argumentou que a cobrança é inconstitucional e fere o princípio de igualdade de tratamento, já que mesmo existindo pessoas com consumo diferentes, estariam usufruindo de serviço de maneira igual.

O juiz entendeu que a taxa afronta garantias fundamentais do cidadão, referente aos direitos individuais, e alegou, em sua decisão que o valor da energia elétrica na atualidade compromete grande parte do orçamento doméstico, muitas vezes sacrificando as necessidades básicas de toda a família, para pagar esta prestação de serviço.

A empresa fica obrigada a suspender a taxa sob pena de multa diária de R $10 mil além do crime de desobediência. Caio Márcio de Britto determinou a notificação da Enesul, para suspender, a partir das próximas faturas, mesmo que já tenham sido emitidas, a cobrança do tributo. Á decisão cabe recurso. Colaborou o repórter João Carlos Velázquez, de Bela Vista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo
REVISTA VEJA
Pesquisa: Bolsonaro tem 54% dos votos válidos; Haddad, 46%
A FAZENDA
Fazendeiro Evandro Santo gera nova punição
COPA DO BRASIL
Corinthians promete maior prêmio de sua história por título
VIOLENCIA
Jovem não reage a assalto mesmo assim é baleado dentro de ônibus