Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Judô brasileiro fracassa no primeiro dia de disputa

14 Ago 2004 - 07h19
Terceiro esporte que mais medalhas rendeu ao Brasil na história dos Jogos Olímpicos (dois ouros, três pratas e cinco bronzes), o judô viu os dois representantes do país que lutaram neste sábado serem eliminados dos Jogos Olímpicos de Atenas.

Alexandre Lee, da categoria ligeiro (-60kg), perdeu logo na primeira luta para Armen Nazaryan, da Armênia, por wazari (golpe inferior somente ao ippon, que é o equivalente ao nocaute do boxe).

Como Nazaryan não conseguiu chegar às semifinais --perdeu em seguida para o iraniano Masoud Haji Akhondzade--, Lee não poderá disputar a repescagem para tentar a medalha de bronze.

A mesma situação viveu a brasileira Daniela Polzin, da categoria ligeiro (-48kg). Ela foi derrotada na estréia pela chinesa Feng Gao, por ippon (pontuação máxima). A chinesa, no entanto, também não conseguiu chegar às semifinais --perdeu para a francesa Frederique Jossinet-- e eliminou a brasileira.

Desde Los Angeles-84 os brasileiros sempre voltam para casa com pelo menos uma medalha no judô.

Em Atenas, o Brasil tem time completo de homens e cinco mulheres. A equipe tem dois medalhistas olímpicos: Carlos Honorato, prata em Sydney-2000, e o meio-leve Henrique Guimarães, bronze em Atlanta-96.

Único brasileiro apontado como favorito pelo site da Federação Internacional de Judô, o médio Carlos Honorato estréia na quarta-feira contra o argelino Khaled Meddah. Seus principais rivais, o holandês Mark Huizinga --que o derrotou na final de Sydney-- e o sul-coreano Hee-tae Hwang, atual campeão mundial, ficaram do outro lado da chave e só podem cruzar o caminho do brasileiro em lutas por medalhas.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS