Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Jovem supostamente morta pelo goleiro Bruno morou em MS

30 Jun 2010 - 08h54Por TV Morena
A produção da TV Morena encontrou a mãe de Elisa Samúdio, modelo que brigava com goleiro Bruno do Flamengo por reconhecimento de paternidade. A mãe de Elisa foi localizada no distrito de Anhanduí, a 50 quilômetros de Campo Grande. Abatida, Sônia de Fátima Moura de 44 anos, disse que soube do desaparecimento da filha pela televisão.

Elisa Samúdio, de 25 anos, teria desaparecido há três semanas. Segundo as investigações, a jovem foi vista pela última vez em Contagem, Minas Gerais, em uma festa no sítio do ex-namorado, o goleiro Bruno do Flamengo. O atleta é suspeito de participação no desaparecimento da modelo. Elisa exigia que Bruno assumisse a paternidade do filho dela de quatro meses.

Em Anhanduí, Sônia ainda guarda a certidão de nascimento da filha. A mãe contou que a menina cresceu em Foz do Iguaçu, no Paraná. E em 1999, depois de se separar do marido, trouxe Elisa para Campo Grande.

Elisa morou com a mãe durante dois anos em Campo Grande. A família disse ainda, que a jovem sonhava em ser modelo, e para seguir a carreira, saiu de casa e foi morar sozinha em São Paulo.

Sônia disse ainda que não vê a filha há quatro anos, mas que se comunicava com ela uma vez por semana por telefone. A mãe diz ter esperanças de encontrar Elisa com vida.

Investigação

Vestígios de sangue foram encontrados em uma caminhonete que pertence ao goleiro Bruno, do Flamengo, segundo fontes ligadas à investigação do desaparecimento de Eliza Samúdio.

O veículo foi apreendido no começo do mês, em uma blitz, porque estava com a documentação irregular. O resultado do exame para saber de quem é o sangue ainda não foi divulgado.

As investigações sobre o desaparecimento de Eliza começaram na semana passada. Segundo a polícia, a apreensão do carro ocorreu antes disso.

Fontes ligadas à investigação disseram que Eliza esteve em Minas Gerais desde que desapareceu. Elas acompanham o caso e afirmaram também que foram feitas buscas, nesta terça-feira (29), em trilhas próximas ao sítio do jogador.

Na segunda-feira (28), bombeiros, policiais e peritos fizeram escavações nessa propriedade e uma busca detalhada em um poço e na casa. Foram apreendidas passagens aéreas, fraldas e roupas femininas.

As peças de vestuário devem ser mostradas a testemunhas, para comprovar se são de Eliza.

Durante o trabalho de perícia, os profissionais usaram um reagente chamado luminol, que indica a presença de sangue. “O luminol, quando é jogado, se tiver sangue, ele faz uma reação, ilumina aquela parte onde está o sangue e fica meio azulado”, explica o delegado Edson Moreira.

O motorista do goleiro prestou depoimento nesta terça, em Contagem (MG), acompanhado da mulher e do advogado Lorivaldo Carneiro. Na saída, o motorista não deu entrevistas. “Meu cliente é inocente, não deve nada. Prestou declaração apenas e foi liberado", disse o advogado.

Entenda o caso
De acordo com a polícia, o sumiço de Eliza Samúdio começou a ser investigado depois de denúncias de que ela havia sido agredida no sítio que pertence ao jogador. Ela teria feito o último contato com amigos e parentes há cerca de três semanas. Segundo a delegada Alessandra Wilke, Bruno é suspeito de envolvimento no desaparecimento de Eliza.

Dayane Fernandes, mulher do goleiro Bruno, teria dito, em depoimento à polícia, que Eliza teria abandonado o bebê. A criança foi encontrada pela polícia na madrugada de sábado (26), com uma senhora desconhecida. No domingo (27), foi entregue a Luis Carlos Samúdio, pai de Eliza.

Dayane chegou a ser levada à delegacia na sexta-feira (25). Ela foi detida e liberada em seguida. Segundo a delegada, a mulher do atleta foi autuada por subtração de incapaz.

A polícia já ouviu funcionários do sítio de Bruno e amigas de Eliza.

O Flamengo anunciou, na segunda, o afastamento do goleiro durante as investigações. Desde então, o goleiro não é visto no condomínio onde mora, no Rio de Janeiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS