Menu
prefeitura VICENTINA Março 2019
segunda, 18 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

João Paulo pede apuração de denúncia contra deputado

24 Set 2004 - 14h47
Ao tomar conhecimento de reportagem publicada pelo Jornal do Brasil denunciando que haveria um esquema de pagamento a parlamentares para votar em favor de projetos de interesse do Governo, o presidente João Paulo Cunha determinou a abertura imediata de processo junto à Corregedoria Parlamentar para apurar os fatos publicados nesta sexta-feira pelo jornal.
João Paulo Cunha também decidiu encaminhar o caso à Procuradoria Parlamentar , uma vez que a matéria foi desmentida pelo deputado Miro Teixeira, citado como testemunha da existência de suposto esquema que teria beneficiado “vários deputados”. Caberá à Procuradoria da Casa analisar quais as providências cabíveis para que haja a reparação dos danos causados pela reportagem à instituição e ao parlamentar.

Origem das denúncias
Embora a reportagem não tenha comprovado a denúncia e tenha sido desmentida pela sua principal fonte, o presidente da Casa decidiu acionar a Corregedoria para apurar a origem dos fatos. “Qualquer denúncia envolvendo a Câmara, mesmo sendo inverídica, será apurada a fundo. Trata-se de uma decisão responsável para que não pairem dúvidas diante de notícias infundadas”, destacou o presidente.
João Paulo acrescentou que, caso algum parlamentar tenha a intenção de pedir a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as denúncias, como insinua a reportagem, a presidência não vai se intimidar e autorizará a instalação da mesma, para que as investigações possam ir até o fim.

Desmentido
Em nota divulgada com destaque no site oficial do partido, o PPS, o deputado Miro Teixeira classificou como “falsas” as revelações atribuídas a ele. Miro negou reiteradas vezes que tivesse conhecimento das informações questionadas pelos repórteres. “Entre 15 e 20 horas de ontem recebi, em meu telefone celular, três ligações da sucursal de Brasília do JB, e repeti, insistentemente, que não subscrevia as denúncias”, sustenta Miro Teixeira.
 
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo
FAKE NEWS
Padre Fábio de Melo desmente texto atribuído a ele sobre o ataque em Suzano
ATROPELAMENTO
Idoso é derrubado de bicicleta e atropelado por veículo – Imagens Fortes
PENA MÁXIMA
Pai, madrasta e outros dois réus são condenados pela morte do menino Bernardo
DOCUMENTO UNICO
CPF substitui a partir de hoje diversos documentos
SEM FILA E SEM ESTRESSE
#SemEstresse: sofre com o mal de ficar horas nas filas lotéricas? Veja como se livrar delas
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Morre Avós e menino de quatro anos feridos em acidente