SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 16 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
15 de Outubro de 2004 13h34

João Kleber lidera novamente ranking da Baixaria na TV

A Coordenação da Campanha "Quem Financia a Baixaria é Contra a Cidadania", iniciativa da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara e de 60 entidades da sociedade civil, divulgou nesta quinta-feira o sétimo ranking dos dez programas mais denunciados pela população.
O primeiro colocado foi o programa "Tardes Quentes", apresentado por João Kleber, da Rede TV, com 85 reclamações sobre o horário impróprio, o apelo sexual e a incitação à violência.
A sistematização foi feita com base nas denúncias recebidas pelo telefone 0800-619619 e pelo e-mail eticanatv@camara.gov.br, entre os dias 7 de maio e 11 de outubro último.

Reincidência
O deputado Orlando Fantazzini (PT-SP), coordenador da Campanha, considerou lamentável ver o apresentador João Kleber novamente no topo do ranking. "Ainda mais depois de tantos compromissos firmados com a Campanha de que os seus programas passariam por reformulações, mas isso não ocorreu", explicou.
João Kleber liderou a primeira, a terceira e agora a sétima sistematização.
Para este ranking, foram recebidas 500 denúncias, sendo que 374 foram fundamentadas. A Campanha, porém, contabilizou apenas 248 denúncias, que são referentes aos 10 programas que mais receberam reclamações da sociedade.

Novelas da Globo
Em segundo lugar, ficou a novela "Celebridade", da Rede Globo, mencionada por 34 telespectadores, que consideraram o horário de sua exibição como impróprio, com muitas cenas de sexo e imagens que incitavam à violência.
O programa do Ratinho, do SBT, ficou em terceiro lugar no ranking, com 32 denúncias por ridicularizar as pessoas, por apelo sexual e por ser exibido em horário inadequado.
A atual novela das oito da Rede Globo, "Senhora do Destino", recebeu 23 reclamações por considerarem que ela é uma incitação à violência, tem horário impróprio e cenas que ridicularizam as pessoas, ficando em quarto lugar.
A outra novela que apareceu na sistematização, no sexto lugar, foi "Da Cor do Pecado", que ia ao ar às 19 horas. Ela obteve 19 queixas, que ficaram por conta das excessivas cenas de sexo.

Cidadãos ridicularizados
O programa "Pânico da TV", da Rede TV, ficou em quinto lugar com 21 reclamações, que vão desde o horário impróprio e apelo sexual, até quadros que ridicularizam o ser humano.
O "Cidade Alerta", da Rede Record, apresentado pelo jornalista Marcelo Resende, ficou em sétimo lugar, com nove denúncias que o classificaram como um programa que incita à violência e explora a imagem das pessoas.
Já o programa "Casos de Família", do SBT, comandado por Regina Volpato, foi denunciado por nove pessoas. Elas afirmaram que os cidadãos são ridicularizados e que 16 horas não é um horário adequado para ser exibido, por isso ocupou o oitavo lugar.
"Casa dos Artistas", o reality show do SBT, ocupou o nono lugar do ranking, com oito denúncias que protestaram contra as cenas apelativas de sexo e o horário foi mencionado como impróprio.
O programa vespertino da TV Bandeirantes "Brasil Urgente", apresentado por José Luis Datena, também recebeu oito denúncias, que reclamaram do horário inadequado e das imagens que ridicularizam as pessoas.

Campanha
A Campanha "Quem Financia a Baixaria é Contra a Cidadania" foi criada em 13 de novembro de 2002 e até hoje já contabilizou mais de 15 mil e-mails, entre manifestações de apoio e denúncias contra os programas que desrespeitam os direitos humanos.
No próximo domingo (17), a Campanha estará propondo à sociedade uma grande mobilização que passará a ser conhecida como "O Dia Nacional Contra a Baixaria na TV". Nesse dia, a sociedade poderá fazer uma ação contra a baixaria na TV, desligando seus televisores durante uma hora, entre 15 e 16 horas.
 
Agência Câmara
Comentários
Veja Também
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
LÉO_GÁS_300
MBO_SEGURANÇA_300
Últimas Notícias
  
LISTINHA_ONLINE
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.