Menu
SADER_FULL
segunda, 25 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Jeanne pode ter matado cerca de 1,6 mil no Haiti

22 Set 2004 - 08h09
O governo do Haiti disse hoje que os mortos no Haiti devido à tempestade Jeanne podem chegar a 1.600, já que aos 600 corpos identificados podem se somar mil desaparecidos. O primeiro-ministro haitiano, Gerard Latortue, disse hoje que os desaparecidos podem ser considerados mortos.

Foram feridas 384 pessoas e cerca de 160 mil haitianos foram afetados pelas inundações causadas pelo Jeanne. O número total de mortos no país ultrapassou os 700, segundo a missão da ONU no Haiti.

"Já identificamos 600 mortos e há um risco de epidemia devido aos cadáveres. Não há eletricidade, os necrotérios não funcionam e tem água por toda parte. É o maior drama já sofrido pela cidade até hoje", declarou latortue.

A cidade de Gonaives, onde pelo menos 600 morreram, foi a mais afetada. As autoridades dizem que metade dos seus 200 mil habitantes precisam urgentemente de comida, água potável e abrigo. Cerca de quatro mil casas foram destruídas na região.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

FINAL
Saiba qual será o final surpreendente de Apocalipse na Record
ENTRETENIMENTO - SAÚDE
Padre Fábio de Melo sofre da síndrome do pânico e fala como administra a doença
NOVELA GLOBAL
'Segundo Sol': Laureta revela para a família de Rosa que ela é prostituta
GOVENO NÃO CUMPRE
Caminhoneiros anunciam nova paralisação, mas trabalhadores de MS não devem participar
RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude