Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 19 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Jeanne pode ter matado cerca de 1,6 mil no Haiti

22 Set 2004 - 08h09
O governo do Haiti disse hoje que os mortos no Haiti devido à tempestade Jeanne podem chegar a 1.600, já que aos 600 corpos identificados podem se somar mil desaparecidos. O primeiro-ministro haitiano, Gerard Latortue, disse hoje que os desaparecidos podem ser considerados mortos.

Foram feridas 384 pessoas e cerca de 160 mil haitianos foram afetados pelas inundações causadas pelo Jeanne. O número total de mortos no país ultrapassou os 700, segundo a missão da ONU no Haiti.

"Já identificamos 600 mortos e há um risco de epidemia devido aos cadáveres. Não há eletricidade, os necrotérios não funcionam e tem água por toda parte. É o maior drama já sofrido pela cidade até hoje", declarou latortue.

A cidade de Gonaives, onde pelo menos 600 morreram, foi a mais afetada. As autoridades dizem que metade dos seus 200 mil habitantes precisam urgentemente de comida, água potável e abrigo. Cerca de quatro mil casas foram destruídas na região.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS