SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 11 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
11 de Novembro de 2004 07h08

Jateí comemora hoje 41 anos de emancipação

O município de Jatei, instalado na região da grande Dourados, está comemorando hoje 41 anos de emancipação político-administrativa. Administrado pelo prefeito Eraldo Jorge Leite (PL), reeleito para o terceiro mandato, Jateí possui uma área, segundo o IBGE, de 1.932,80 quilômetros quadrados, com uma população de, aproximadamente, 4.558 habitantes.
O município experimentou um rápido crescimento econômico, ancorado pela Reforma Agrária, com a instalação da Colônia Agrícola Nacional de Dourados -CAND, em 1943. Com isto, recebeu migrantes colonos de todo o Brasil, com destaque para as colônias de nordestinos. Seu povoamento originou-se em 1954, quando começaram a chegar os primeiros colonos. Entretanto, a efetiva colonização de Jatei só foi consumada quando os colonos cruzaram o Rio Dourados, na região de Fátima do Sul, invadindo uma área não incorporada ao projeto. Assim, o governo foi obrigado a criar a segunda zona da colônia em outra área previamente delimitada, elaborada pelo administrador da CAND, na época, Tacito Pace, onde foi implantado o novo povoado, em 1956.
O município foi criado pela Lei N.º 1950, de 11de novembro de 1963. Uma parcela do município, área de colônia, desenvolveu o cultivo de culturas anuais de subsistência, comercializando o excedente. A outra grande parcela, ocupada por grandes fazendas, oriunda da Companhia Mate Laranjeira, se dedicava as explorações da pecuária em áreas extensivas, procurando o crescimento e a estabilidade econômica.
Terras inicialmente ocupadas pelos índios Terenas e Kaiwás e posterior, ao final da guerra com o Paraguai (1864 / 1870), soldados e escravos permaneceram na região, ocupando parte das terras iniciando assim um processo de colonização lento das terras pelo homem branco.
Num espaço de 30 anos, o município, ao mesmo tempo em que promovia geração de emprego e renda pelo desenvolvimento de produção de culturas anuais e da pecuária extensiva, proporcionava a maior degradação do meio ambiente com a destruição dos rios, da vegetação e da fauna tão exuberantes.
Atualmente, graças à ações desenvolvidas, principalmente, pela atual administração municipal de Jateí, pouco a pouco problemas desta natureza estão sendo sanados. Eraldo Leite, durante este mandato, instituiu a Secretaria Municipal de Meio Ambiente que, entre outros projetos, está desenvolvendo a criação de mudas e, consequentemente, o reflorestamento
das áreas degradadas. A preservação das nascentes d’água e da fauna e flora também são ações priorizadas pelo município.
Nas áreas de saúde e educação, o município tem recebido reconhecimento estadual, em razão dos grandes programas desenvolvidos. O setor de obras, entre outras atividades, mantém frentes de serviços itinerantes nas estradas vicinais, que pela formação arenosa do terreno, exige manutenção e recuperação trabalhos constantes. Outro grande trabalho mantido na atual administração municipal é referente à promoção e assistência social, sob a coordenação da primeira-dama Maria Aparecida Neres Leite.
DISTRITO
O município possui o distrito de Nova Esperança, distante 12 quilômetros da sede, que oferece a seus habitantes, uma grande qualidade de vida, pois é uma área predominantemente rural, sendo cercada por pequenas propriedades rurais. O seu povo subsiste, na sua grande maioria da pecuária leiteira e da diversificação de culturas.
O distrito tem uma escola estadual, “Prof. Joaquim Alfredo Soares Vianna”, que oferece o ensino fundamental tanto às crianças daquele local, como também às crianças das fazendas circunvizinhas. Possui, também, um Pré-escolar, mantido pelo município, atendendo com qualidade, crianças oriundas dos mesmos locais e outros programas.
 
 
Diário MS / Cláudio Xavier
Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
ÓTICA_DOURADOS
FORTALEZA
Últimas Notícias
  
pupa
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.