Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Japão: terremoto de 6,8 graus deixa 5 mortos e 500 feridos

16 Jul 2007 - 07h00

Cinco pessoas morreram e mais de 500 ficaram feridas em um terremoto de 6,8 graus na escala aberta de Richter que abalou hoje a região de Niigata, no noroeste do Japão, informou a agência Kyodo. O tremor levou as autoridades locais a emitirem um alerta de tsunami, informou a emissora de TV estatal NHK.

O terremoto, com epicentro a 17 quilômetros de profundidade nas águas do Mar do Japão, aconteceu às 10h13 (10h13 de domingo em Brasília) e provocou o desmoronamento de 20 casas, principalmente na localidade de Kashiwazaki, província de Niigata, assim como um incêndio em uma usina nuclear.

Como conseqüência do forte tremor duas mulheres morreram em Kashiwazaki e 260 pessoas ficaram feridas nas províncias de Niigata e Nagano (noroeste e centro do Japão, respectivamente).

O terremoto desencadeou um incêndio no reator de número 3 da usina nuclear Kashiwazaki-Kariwa, da companhia Tokyo Electric Power, que optou por fechar seus outros três reatores.

Segundo as autoridades provinciais, o incêndio já foi totalmente controlado.

A companhia elétrica Tohoku Electric Power informou que uma falha no fornecimento de energia deixou cerca de 21.700 lares sem luz na região de Niigata.

O Governo da cidade de Kashiwazaki decidiu suspender o fornecimento de gás na região urbana após detectar rompimentos em encanamentos em várias zonas da cidade.

O tremor também alterou os serviços de transporte na região, com cortes de energia para o trem-bala japonês, Shinkansen, e o fechamento temporário do aeroporto provincial para que os técnicos verificassem a existência de danos na pista de aterrissagem, embora os serviços já funcionem normalmente, segundo a Kyodo.

A agência meteorológica japonesa chegou a emitir um alerta de tsunami para a área da ilha de Sado, no mar do Japão, embora o tenha desativado pouco depois.

O Governo japonês iniciou um serviço de emergência para atender os afetados e normalizar a situação na região de Niigata.

Em 23 de outubro de 2004, esta região foi sacudida um terremoto da mesma intensidade, no qual morreram 67 pessoas e 4.800 ficaram feridas.

O Japão se encontra em uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e os terremotos de grande intensidade são relativamente freqüentes, apesar de não provocarem normalmente danos significativos, já que as construções do país estão preparadas para os tremores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)