Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Japão declara emergência e passa por novo surto de febre aftosa

24 Mai 2010 - 16h02Por Portal Educação
A cidade de Miyazaki, que fica no sul do Japão declarou situação de emergência após surto de febre aftosa que se expande de maneira incontrolável. Foram detectados indícios da doença em pelo menos 126 fazendas de gado bovino e suíno de Miyazaki, onde mais de 114 mil animais tiveram que ser sacrificados.

"Estamos em uma situação na qual é impossível deter a propagação", disse o governador de Miyazaki, Hideo Higashikokubaru. Segundo o governo houve erros ao tentar controlar o surto quando as autoridades locais falharam durante inspeções em fazendas no final de março.

De acordo com as autoridades veterinárias japonesas, no início de abril foi detectado um surto do tipo "O" do vírus da febre aftosa, o mais comum atualmente na Ásia, onde a doença é endêmica.

A tutora do Portal Educação, médica veterinária Danielle Pereira, enfatiza que a prevenção para que a doença não se alastre em todo mundo é muito importante num momento como esse, quando o Japão decreta emergência. “Agora é preciso combater com uma inspeção rigorosa onde há focos da febre aftosa”, explica Danielle Pereira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação