Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 15 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Já provei o quão profissional e certo sou, diz Felipe Massa

26 Jul 2010 - 09h34Por Folha Online

Um Felipe Massa visivelmente contrariado subiu ao pódio ontem na Alemanha.
Não sorriu, não comemorou. Ouviu passivamente o hino espanhol, depois o italiano, recebeu um abraço forte do chefe, Stefano Domenicali. Exatamente um ano após o acidente que quase lhe custou a vida, o brasileiro não tinha motivos para festejar.

"Não posso dizer que estou feliz da vida porque felicidade para mim seria a vitória. Não corro para chegar em segundo. Corro para vencer", afirmou Massa, que assumiu a responsabilidade por ter deixado Fernando Alonso o ultrapassar.

Folha - O resultado foi justo?
Felipe Massa - Sim, foi justo para a equipe. Tomei a decisão [de deixar Alonso passar] porque era o melhor para o time, e não é a primeira vez que isso acontece. Fiz uma boa largada, abri vantagem com os pneus moles. Depois, trocamos para os duros, e eu sofri um pouco.

Sente que não deixaram você vencer hoje [ontem]?
A única coisa que sinto é que trabalhamos para uma equipe. E estamos fazendo um bom trabalho para ela. Isso é o mais importante.

Foi decisão sua deixar que Alonso o ultrapassasse?
Sim, senão ele não teria me passado.

Acha que pode se arrepender de ter tomado essa decisão?
Já provei o quão profissional e certo sou. Teve ocasiões, como em 2008, no Brasil, quando lutei pelo título. Mas não estou numa ótima situação no Mundial. Tenho um país que acredita em mim. Fiz o trabalho profissional, que tenho certeza de que a maioria faria no meu lugar.

Você disse que sofreu com os pneus duros e que isso ocasionou a ultrapassagem. Mas por que os tempos de volta de vocês seguiram parecidos?
Não sei. Talvez ele [Fernando] estivesse só controlando o ritmo da corrida.

Teme que aconteça com você o mesmo que aconteceu com o Rubens Barrichello, que ficou marcado como segundo piloto na Ferrari?
Não, de jeito nenhum. Segundo eu não sou. Tenho condição de ser primeiro e é por isso que estou aqui. Para ser primeiro, tem que estar lutando pelo campeonato e não é isso que está acontecendo. Espero que quem é profissional entenda o que digo. Em 2007, ajudei meu companheiro [Kimi Raikkonen] a ser campeão e, em 2008, ele me ajudou [instruído pela equipe]. Minha decisão veio pensando nisso.

Acredita que em condições normais Alonso teria feito a ultrapassagem?
Eu estava mantendo bem minha posição, mas é difícil dizer o que poderia acontecer com mais 20 voltas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal