Menu
PASSARELA
domingo, 27 de maio de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ivinhema terá plano de desenvolvimento do leite

23 Jul 2004 - 16h39
Produtores de leite de Ivinhema-MS se reuniram no dia 22 de julho de 2004, no Parque de Exposição Lídia Calabreta Massi, as 13:00 horas, para discutir a sanidade e qualidade do leite. A reunião promovida pela Associação dos Produtores de Leite de Ivinhema-APROLEIVI, em parceria com Idaterra, sindicato rural, DLIS, COOPAVI, Banco do Brasil e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, teve por objetivo informar os produtores participantes do evento sobre a normativa 51, que trata da qualidade e sanidade do leite. Na oportunidade ficou definido que será elaborado um plano de desenvolvimento do leite para o município de Ivinhema. O trabalho de construção do plano terá a coordenação do Idaterra e será iniciado imediatamente com um levantamento da realidade para elaboração de um diagnóstico da atividade leiteira no município de Ivinhema.
 
 
Ivinhema News

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARALISAÇÃO
Petroleiros do Pais inteiro anunciam greve "Vamos parar todas as Refinarias"
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta transa com Ícaro e fica encantada
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível