Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 19 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Isentos devem entregar declaração a partir de segunda

11 Ago 2004 - 17h01
Os contribuintes isentos devem entregar a partir de segunda-feira a declaração anual de isento. Estão obrigados a entregar a declaração todos os contribuintes que tiveram renda de até R$ 12.696 em 2003 e possuem CPF (Cadastro de Pessoa Física).
   
   Quem ficar dois anos consecutivos sem entregar a declaração de isentou ou de ajuste (Imposto de Renda) tem o CPF cancelado. Foram cancelados 10 milhões de CPFs neste ano.
   
   A declaração poderá ser entregue pela internet (www.receita.fazenda.gov.br), telefone (0300 780300), agências dos Correios, casas lotéricas e bancos credenciados.
   
   O custo do envio da declaração nos Correios será de R$ 2,40 (carta registrada) e R$ 1,30 (envio on-line). Nas lotéricas e correspondentes bancários, o contribuinte pagará R$ 1.
   
   O custo da entrega por telefone vai variar de acordo com a tarifa. Para ligações locais, o custo será de uma chamada 0300.
   
   Neste ano, a declaração poderá ser entregue nos 700 correspondentes do Banco Popular do Brasil --subsidiária do Banco do Brasil criada para o público de baixa renda.
   
   O BB aceitará apenas as declarações dos contribuintes que forem correntistas do banco.
   
   O prazo para entrega da declaração acaba no dia 30 de novembro. A expectativa da Receita é receber 50 milhões de declarações de isentos até lá.
   
   Ficarão de fora da obrigação de entrega os dependentes e cônjuges, cujos números do CPF já foram informados pelo contribuinte no momento da declaração anual de ajuste.
   
   Como declarar
   
   Para fazer a declaração de isento, o contribuinte deverá informar se é titular de conta corrente, se é proprietário de veículo automotor, se é dono de imóvel e se é dependente de declarante de IR.
   
   Quem estiver no exterior poderá fazer a entrega da declaração de isento por telefone (55-78300 78300), pelo custo de chamadas internacionais. Nesse caso, o declarante deverá informar se é proprietário de imóvel no Brasil, se possui veículo automotor, aeronave ou embarcação no país, se é titular de aplicação financeira, inclusive poupança, se é titular de ações de empresas brasileiras e se é titular de conta corrente bancária no Brasil.
 
 
Capital News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento