Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Inventor do bina será reconhecido oficialmente no Brasil

14 Jul 2004 - 08h39
O Brasil reconhecerá, oficialmente, o criador do identificador de chamadas telefônicas. Nélio Nicolai, inventor do sistema, deve ganhar um selo comemorativo da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT). O técnico em telefonia é reconhecido como o pai da invenção em todo o mundo e já ganhou prêmios em vários países europeus. "Para o inventor, a maior glória é o reconhecimento", disse em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional AM.

Nicolai patenteou o aparelho em 1981, e 11 anos depois atualizou o sistema para ser empregado em aparelhos celulares. Segundo o inventor, o Brasil está deixando de receber mais de US$ 1 bilhão por mês em royalties, porque não briga pela patente industrial do identificador de chamadas. "O mundo tem cerca de 1,3 bilhão de celulares. As operadoras de telefonia cobram de US$ 6 a US$ 10 mensais do usuários pelo identificador. Se US$ 1 desses fossem pagos em royalties ao Brasil, estaríamos faturando cerca de US$ 15,6 bilhões por ano, fora as cobranças da telefonia fixa", calculou.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOA NOTÍCIA
2020 terá o dobro de feriados prolongados; Confira as datas
CONSEGUIU
Estudante brasileiro mora na Bolívia pega 25 veículos para passar por bloqueios e chegar até fronteira em MS
BORA PRA BONITO - MS???
Natal 'Amor em Família' é no Águas de Bonito, Hotel, Agência e Restaurante em um só lugar em Bonito
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Yohana desmascara Camilo e ele a ameaça
BRASIL MEDONHO
Moradora de rua é morta a tiros por homem ao pedir R$ 1
SAUDE
Homem para de fumar e guarda dinheiro do cigarro para viajar, reformar a casa e mais
ORDEM E PROGRESSO
Mato Grosso do Sul tem a 6ª maior taxa de crescimento econômico do país
VÍDEO - CULTURA
Professor joga capoeira com aluno cadeirante e emociona web
MILAGRE
Glória Maria posta pela primeira vez após remoção de tumor: 'Hoje acredito em milagre'
DOENÇA TERRIVEL
'Que pena não ter realizado seu sonho, ver eu me formar', diz filha de Reinaldo, o príncipe do pagod