Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 20 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Inventor do bina será reconhecido oficialmente no Brasil

14 Jul 2004 - 08h39
O Brasil reconhecerá, oficialmente, o criador do identificador de chamadas telefônicas. Nélio Nicolai, inventor do sistema, deve ganhar um selo comemorativo da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT). O técnico em telefonia é reconhecido como o pai da invenção em todo o mundo e já ganhou prêmios em vários países europeus. "Para o inventor, a maior glória é o reconhecimento", disse em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional AM.

Nicolai patenteou o aparelho em 1981, e 11 anos depois atualizou o sistema para ser empregado em aparelhos celulares. Segundo o inventor, o Brasil está deixando de receber mais de US$ 1 bilhão por mês em royalties, porque não briga pela patente industrial do identificador de chamadas. "O mundo tem cerca de 1,3 bilhão de celulares. As operadoras de telefonia cobram de US$ 6 a US$ 10 mensais do usuários pelo identificador. Se US$ 1 desses fossem pagos em royalties ao Brasil, estaríamos faturando cerca de US$ 15,6 bilhões por ano, fora as cobranças da telefonia fixa", calculou.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
As promoções do O Boticário de Fátima do Sul estão imperdíveis, CONFIRA ALGUMAS
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Luzia promete se vingar de Karola e Laureta: 'Vou acabar com a raça dessas duas'
DOURADOS - ITALÍNEA MÓVEIS PLANEJADOS
DOURADOS: Italínea Móveis Planejados e a promoção 'Casa Nova' destaca a cozinha dos sonhos
FAMOSIDADE - SUSPIROS
Sem calcinha, Juju Salimeni compartilha foto ousada
VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Confira o cardápio do delicioso almoço neste domingo no Pesqueiro 7 Bello em VICENTINA
CRIME PASSIONAL
Marido flagra esposa com suposto amante e caso termina em morte
NOVELA GLOBAL
Remy pode não ter morrido em 'Segundo sol'; veja os indícios
TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa