Menu
PASSARELA
sábado, 23 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Interpol emite ordem de prisão para o ex-jogador Rincón

16 Mar 2007 - 17h51
O colombiano, investigado por envolvimento com o narcotráfico, teve cinco bens confiscado pela Justiça de seu país - dentre eles aparecem duas mansões

BOGOTÁ - A Interpol emitiu ordem de prisão imediata para o ex-jogador Freddy Rincón, que comandou o São Bento no Campeonato Paulista. A informação foi divulgada nesta sexta-feira pela rádio Caracol. O colombiano é investigado por envolvimento com o narcotráfico através de empresas de sua propriedade estabelecidas no Panamá.

 Os dados das primeiras investigações indicam que Rincón, atualmente com 41 anos, estabeleceu contato com o também colombiano Joaquín Rayo Montaño, traficante preso em São Paulo em 16 de maio do ano passado.

 Na última quinta-feira, a Justiça da Colômbia confiscou cinco bens de Rincón no país: duas mansões, dois apartamentos e uma casa.

 Recentemente, Rincón havia admitido que investiu cerca de R$ 440 mil reais em negócios no Panamá, mas que não tinha tido nenhum contato com Rayo Montano. "Minha participação consistiu em investimentos feitos através do meu patrimônio familiar. Só isso", contou o jogador na ocasião.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru
FAMOSIDADES
Ex-apresentadora do ‘Vídeo show’, Alinne Prado sofre assalto a mão armada dentro de casa
RELIGIÃO
Padre é flagrado dando tapa em criança durante batismo
APOCALIPSE
André (Sidney Sampaio) é assassinado por Ricardo (Sérgio Marone)
DEMORA
Diesel cai R$ 0,62 em distribuidoras e apenas R$ 0,32 nos postos de MS
Brasil
Terceiro homem que assediou russa na Copa diz que “estão transformando um copo d’água em uma tempestade”
‘Alta Pressão’
Exército deflagra Operação para fiscalizar armamento e reduzir desvios para o comércio ilegal