Menu
SADER_FULL
sábado, 19 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Internet no Cazaquistão pode custar R$ 41,8 mil

31 Jul 2007 - 13h00
O governo autoritário do Cazaquistão reprime o uso da Internet no País, segundo o relatório da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa. Uma mensalidade pode chegar a quase R$ 41,8 mil por uma conexão de 6 MB. As informações são do The Inquirer.
 
Apenas 4% do país tem acesso a Internet e se conecta pela Kazakhtelecom, empresa de propriedade do governo. Um plano ilimitado de conexão discada no País custa 82 euros (R$ 212) , sendo que a renda média mensal per capita gira em torno de 292 euros (R$ 755). Um DSL ilimitado de 1,5 MB custa 2.458 euros (R$ 6,36 mil) e o modem não está incluso.
 
O acesso via cabo também não ajuda muito. A conexão de 6 MB é encontrada por 16.144 euros (R$ 41,8 mil) por mês. Por estes valores, apenas a elite tem condição de pagar. Além disso, o governo tem autonomia para cancelar sites com conteúdo julgado por ele como "sujo" ou "mentiroso".
 
Blogueiros que publicam críticas contra o governo são punidos, de acordo com o estatuto que proíbe qualquer violação contra honra e dignidade do presidente.
 
 
Terra Redação
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro