MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 21 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
24 de Setembro de 2004 08h40

Internet Explorer só terá segurança reforçada no Windows XP

Pelo menos 200 milhões de usuários de versões antigas do Windows podem ficar desprotegidos caso não instalem uma cópia do XP --e, claro, paguem por isso, de acordo com os planos da Microsoft.

A companhia norte-americana reiterou nesta semana que os reforços de segurança criados para o navegador Internet Explorer só estarão disponíveis aos usuários que têm o Windows XP instalado, com o Service Pack 2, pacote de atualizações para o sistema operacional.

Isso significa que, a menos que o internauta pague pouco mais de R$ 350 (no site www.submarino.com.br) para atualizar seu Windows, ele não contará com os últimos recursos contra hackers e ameaças digitais criados pela empresa de Bill Gates.

Para analistas, esse é um preço muito alto para ter um browser mais seguro, ainda mais quando se leva em consideração que o Internet Explorer era um navegador gratuito quando chegou ao mercado para concorrer com o Netscape Navigator.

"É uma pena que as pessoas tenham que pagar para atualizar seus sistemas operacionais e poder receber um navegador mais seguro", disse Michael Cherry, analista da Directions on Microsoft, ao site "CNET News.com" (news.com.com).

Incentivo

"Aparentemente, a medida tem como objetivo fazer com que os usuários atualizem suas cópias do Windows", disse.

"Não temos planos de oferecer as mesmas melhorias do Windows XP com o Service Pack 2 para os usuários de versões antigas do Windows", disse a companhia em um comunicado, confirmando sua decisão.

"Hoje, a versão mais segura do Windows é a XP com o Service Pack 2. Recomendamos a todos nossos clientes que mudem para o XP e atualizem o sistema com o SP2 o mais rápido possível."

A companhia negou que estava se aproveitando das questões de segurança para estimular a atualização para o XP. Segundo ela, correções para vulnerabilidades encontradas em versões antigas continuarão sendo disponibilizadas.

"A Microsoft não está usando questões de segurança para aumentar o número de atualizações", disse um representante da companhia. "Mas os produtos mais novos são sempre os mais seguros."

Bom para a concorrência

A medida adotada pela Microsoft, porém, pode fazer com que os internautas busquem navegadores alternativos ao Internet Explorer, aumentando a concorrência em um mercado de aproximadamente 190 milhões de usuários.

De acordo com o IDC, há 390 milhões de cópias de todas as versões do Windows espalhadas ao redor do mundo. Dessas, 24,7% são do Windows XP Home Edition e 26,1%, do XP Professional --ou seja, quase 200 milhões de micros rodam uma versão do XP.

Os outros 190 milhões de internautas, porém, terão de buscar alternativas para navegarem com segurança na web, afirmam analistas.

Semana passada, a Mozilla Foundation começou a distribuir a versão 1.0 Preview Release do Firefox. O navegador que tem código aberto tem mais recursos que o browser da Microsoft, como bloqueador de pop-ups e navegação em múltiplas janelas. Ele também é considerado mais seguro que o Internet Explorer.

Além dele, há o Opera --que oferece recursos semelhantes ao Firefox. O Opera é gratuito, mas alguns anúncios são exibidos na tela do usuário. Para eliminar as propagandas é preciso comprar o navegador.

Para Matt Rosoff, outro analista da Directions on Microsoft, esses navegadores podem se beneficiar da política da companhia de Bill Gates. "Cada vez mais usuários terão dois navegadores instalados em seus computadores", disse. "Mas há internautas que simplesmente não gostam de baixar aplicativos."
 
 
Folha Online
Comentários
Veja Também
REINO_MATRÍCULAS_2017
BANNER_LATERAL_ASSOMASUL
HERBALIFE_300
Últimas Notícias
  
FORTALEZA
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.