Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Internet é bom lugar para procurar namorado, diz estudo

12 Jul 2004 - 14h55
A tendência de as pessoas passarem cada vez mais tempo em frente ao computador torna a internet um dos lugares mais adequados para se encontrar um bom partido. De acordo com uma representativa enquete do instituto de pesquisa Emnid, os sites de namoro na internet estão em conjuntura. Quase nove milhões de alemães procuram parceiros através dos serviços online de contato. Aproximadamente um em cada dois entrevistados acha que a internet é a mídia ideal para isso. Desta forma, os sites de namoro representam o terceiro "lugar" mais adequado para se para encontrar a pessoa certa, logo após os dois cenários clássicos: danceteria (58%) e trabalho (54,1%). Por outro lado, só 17% dos entrevistados elegem os anúncios pessoais em jornais e revistas como espaço adequado para conhecer gente nova. Segundo a pesquisa divulgada pela revista Stern, as pessoas se sentem mais à vontade se puderem se manter anônimas durante as primeiras trocas de palavras. Por trás de um pseudônimo, os internautas em busca de companhia se sentem mais relaxados para serem aquilo que são ou gostariam de ser. Na anonimidade, muitos adquirem mais autoconfiança. Por outro lado, mais que os contatos reais, os virtuais oferecem certos perigos. Não apenas o risco de o amor fantasiado durante dias ou semanas de romantismo virtual ir por água abaixo no momento do encontro. O que intimida muita gente é o risco de entrar em contato com um desconhecido "sem referências", algo que não é regra na socialização alemã. É por isso que muitos sites oferecem um filtro maior de segurança na seleção de seus usuários. A desvantagem é a burocracia: para isso, o interessado tem que fornecer seus dados pessoais e uma cópia da carteira de identidade. No entanto, os serviços de proteção ao consumidor não aconselham ninguém a permitir o registro de seus dados pessoas na internet, sobretudo porque o comércio de endereços ainda continua sendo um negócio bastante lucrativo. Afinal, dificilmente se pode garantir que as informações não vão parar em algum banco de dados por aí.
 
Corumbá Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal