Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 21 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Internet banking já lidera transações bancárias no Brasil

6 Jul 2010 - 13h12Por Diário MS
Dados do Banco Central mostram que a internet já é o canal de atendimento bancário mais utilizado no País, ultrapassando os terminais de autoatendimento. O BC aponta que no Brasil, em 2009, 31% das transações bancárias foram feitos pela internet. O crescimento dessas operações é de 64% desde 2006.

Para o secretário-geral do Sindicato dos Bancários de Dourados, Edgar Alves Martins, a mudança na forma de atendimento, além de não ser segura, pode prejudicar a vida dos funcionários dos bancos. “Nós lutamos contra essa mudança. Para nós do Sindicato, a transferência de operações para internet, lotéricas e outros locais é uma forma de diminuir a mão-de-obra nos bancos. Além disso, não acho seguro. Somente nas agências você obtém um comprovante bancário da operação”, afirma o secretário. Quanto à diminuição das filas, Edgar Martins diz que não vê a internet como a melhor maneira para resolver o problema. “Não é o meio correto, pois tende a diminuir o número de funcionários nos bancos”.
O advogado Lucas Rigonatt Paes é um exemplo de cliente que não se intimida com o uso da internet para a realização de transações bancárias. “Já utilizei a internet para ver extratos, saldos, fazer transferências e pagamentos. No início você fica com receio, mas depois que faz uma vez, vê que não tem problema nenhum, desde que mantenha o antivírus atualizado”, afirma Paes.
O Diário MS entrou em contato com agências bancárias do Estado que disseram não ter um levantamento sobre os índices de atendimento pela internet no Mato Grosso do Sul. Mas a maioria acredita que, por aqui, as operações nos terminais de autoatendimento ainda sejam maiores do que os feitos pela internet.

OUTROS DADOS

Ainda de acordo com levantamento do Banco Central, o uso de papel moeda cresceu 12,7% em relação a 2008. A média da quantidade por pessoa, que era de R$ 408,93 em 2008, subiu para R$ 459,94 no ano passado.
O uso de cheques continua a cair. Em 2009, a quantidade de cheques emitidos apresentou redução de 8,2%. Com isso, a participação dessa forma de pagamento foi reduzida para 9,8%. Porém, o valor médio dos cheques aumentou aproximadamente 6%, ficando em R$ 884.
Já os cartões de crédito e débito em circulação tiveram uma desaceleração. O crescimento nas transações com esse instrumento foi de cerca de 10%, inferior ao crescimento médio anual em 2008, que ficou em 23%.
Segundo o BC, para que o sistema de pagamentos melhore é necessário que as redes de atendimento automático e as transações com cartão de crédito sejam mais eficientes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura