Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 17 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

INSS paga hoje benefícios com finais 4 e 9

6 Jul 2004 - 09h43
 O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) paga hoje os benefícios terminados em 4 (quatro) e 9 (nove). O Ministério da Previdência Social informa que os segurados devem ficar atentos às modificações no calendário, que agora vai do primeiro ao quinto dias útil de cada mês e não mais nos dez primeiros dias, atendendo a antiga reivindicação das entidades representativas de aposentados e pensionistas. Eles alegavam que, geralmente, as contas vencem no início do mês e os beneficiários que recebiam a partir do sexto dia útil ficavam prejudicados.

Até amanhã (7), quando serão pagos os benefícios com final 5 (cinco) e zero, terão sido atendidos 22.400.121 beneficiários, dos quais 68,41% no perímetro urbano (15.325.024) e 31,59% na zona rural (7.075.097).

O valor total que ingressará na economia será de R$ 10.003.428.106,65 – R$ 8.150.164.779,02 nas áreas urbanas e R$ 1.853.263.327,63 nas rurais. Dos 22.400.121 segurados que receberão seus benefícios, 7.112.543 utilizarão a conta corrente e 15.287.578 farão saques por meio de cartão magnético.

Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

OBESIDADE MORBIDA
Mulher de 230 quilos pede ajuda: ‘Está muito difícil minha vida’
EXECUÇÃO
Adolescente grávida tem residência invadida e executada com vários disparos
TATUAGENS
Influenciadoras ganham dinheiro exibindo tatuagens para fãs
TECNOLOGIA
Conheça o Xiaomi Mi Note 10, lançamento chinês com câmera quíntupla
Brasil
Chuvas causam deixam mais de 500 desabrigados
TECNOLOGIA - SE LIGA AÍ
Celulares pré-pagos de 17 Estados devem ser recadastrados até segunda-feira
MA FASE
Com gol de Messi, Brasil é derrotado pela Argentina e prolonga má fase
IDENIZAÇÃO
Justiça de São Paulo determina bloqueio de passaporte do ex-jogador Roberto Carlos
REVIRAVOLTA
Ex-governadora Rosinha vira doceira e evita falar de política: ‘Tudo deixa trauma’
FUTEBOL BRASILEIRO
Santos precisa se esforçar mais para evitar a perda de uma peça tão importante como Jorge Sampaoli