Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 18 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

INSS fará censo com aposentados por telefone

27 Mar 2007 - 16h08
 

Como parte da revisão de 2,2 milhões de aposentadorias por invalidez, o INSS vai fazer pesquisas com os segurados por telefone, usando os atendentes da central 135 para isso. O objetivo do INSS é começar a identificar quem tem ou não condições de voltar ao trabalho.

Essa pesquisa pelo 135 funcionaria como uma primeira triagem para identificar quem pode voltar ao mercado. As perguntas serão do tipo: "o senhor ainda está sob tratamento?" "Houve algum procedimento que mudou a sua saúde?" Após o segurado responder ao pequeno questionário e, dependendo das respostas, o atendente marcaria a perícia para avaliar o aposentado.

No Rio, o INSS vai convocar aproximadamente 220 mil aposentados por invalidez que recebem o benefício há mais de dois anos. A revisão começa em julho. Após a avaliação de saúde, quem estiver recuperado perderá a aposentadoria, voltando à ativa.

O INSS também informou que, em julho de 2008, os 88 mil servidores do INSS terão a incorporação de uma parte da gratificação chamada de GESS, mais especificamente R$ 172. Isso vai gerar um aumento no vencimento-básico e um pequeno reajuste no salário geral. Não há nenhum cálculo de quanto será esse pequeno ganho.

 

 

Globo Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína