Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

INSS ameaça cortar 130 mil benefícios suspeitos de fraude

28 Mar 2007 - 04h12

Começa a funcionar nesta quinta-feira (29) a divisão paulista de uma força-tarefa do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que vai caçar fraudes entre 130 mil benefícios no país. A suspeita é que eles tiveram ajuda ilegal na hora da concessão.

O "Plano de Ação de Revisão de Benefícios com Indícios de Irregularidades", como foi batizado, conta com um contingente inicial de 344 servidores, divididos em 12 equipes no país. Na gerência regional de São Paulo, atuarão 25 profissionais, que vão avaliar processos de todo o Estado.

A portaria que criou o Plano de Revisão prevê a conclusão dos trabalhos em 14 de dezembro deste ano. O objetivo é que os 130 mil benefícios, concedidos até 21 de janeiro deste ano, sejam checados durante o período.

Empresa-fantasma - A desconfiança do INSS é que houve a inclusão indevida, em seu banco de dados, de informações falsas, com o intuito de agilizar a aposentadoria. No esquema montado, a contagem de tempo de contribuição levava em conta períodos não realmente trabalhados. Para tanto, foram usados CNPJs (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, espécie de CPF de empresas) de empresas que já fecharam.

O fraudador seria beneficiado da seguinte forma: em vez de ter de trabalhar (e pagar o INSS) durante 35 anos para se aposentar por tempo de contribuição, ele tinha contabilizados pelo INSS 20 anos falsamente trabalhados para a empresa fictícia. Com isso, só precisaria de outros 15 anos.

O INSS de São Paulo informou não ter, ainda, o número de benefícios no Estado que estão na mira.

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TERRORISMO
Bolsonaro sofre ameaças de morte em vídeos na internet
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros