Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Inmetro deve lançar em junho concurso

30 Abr 2007 - 13h52
Corre-corre bom nos corredores do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial. Autorizado desde janeiro a contratar, até 2009, 638 profissionais, o Inmetro cuida dos últimos detalhes para divulgar um concurso público. Neste ano, serão preenchidas 167 vagas. Todas de nível superior. No momento, uma comissão trabalha na partilha das vagas entre as unidades do órgão e define quais perfis profissionais serão exigidos. Pelo andar do trabalho, o edital da seleção pública sairá nas páginas do Diário Oficial até o final de junho.

Há outras pendências: a escolha da empresa que será responsável pelo concurso – esse processo já está em andamento – e a definição do conteúdo das provas. Uma coisa está praticamente certa: todos os inscritos serão submetidos a prova objetiva e avaliação de títulos. Em alguns casos, pode haver também um curso de formação. Os candidatos a especialista ainda correm o risco de participar de um teste de defesa pública de memorial.

No primeiro edital, haverá vagas para especialista em metrologia e qualidade sênior (10), pesquisador tecnologista em metrologia e qualidade (102) e analista executivo em metrologia e qualidade (55). O primeiro exigirá título de doutor. Também será preciso comprovar pelo menos 10 anos de experiência na área, contados depois da titulação. O salário, somadas as gratificações, é de R$ 11.392,07. No caso dos pesquisadores e analistas, o valor do contracheque dependerá do teor do currículo. Aprovados que tenham apenas a graduação receberão R$ 5.301. Se tiverem especialização, R$ 5.471. Mestrado, R$ 5.737 O titulo de doutor vai render R$ 6.147.

Existe a possibilidade de o Inmetro não realizar mais concurso para esses três cargos. Como a autorização do Planejamento prevê contratações anuais, o órgão poderá usar os aprovados no primeiro concurso para preencher as vagas em blocos. Fora os postos da primeira leva de contratação, há ainda 20 vagas de especialista em metrologia e qualidade sênior, 260 de pesquisador tecnologista em metrologia e qualidade e 102 de analista executivo em metrologia e qualidade.

O aproveitamento dos primeiros candidatos, no entanto, não livra o Inmetro de preparar uma nova seleção. Isso porque, na autorização do Planejamento, também está prevista a contratação de 79 técnicos em metrologia e qualidade e 10 assistentes executivos em metrologia e qualidade. Esses 89 postos só poderão ser preenchidos em 2009. Hoje, o salário inicial de ambos os cargos, que exigem conclusão do ensino médio, é de R$ 1.661.

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico