Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Índios são acusados de roubar gado em Japorã

6 Ago 2004 - 07h27
 

Indígenas que continuam ocupando parte da fazenda Chaparral, uma das três que foi incluída no acordo firmado com a Justiça Federal no começo do ano, depois que 14 propriedades foram invadidas, estão sendo agora acusados de destruir imóveis no interior da terra e de abater o gado pertencente ao fazendeiro Luís Carlos Tórmena.

Ele reclama ainda que desde o mês de maio tem registrado ocorrências de furto e atentados ao direito de propriedade, mostrando cópias de boletins de ocorrências formalizados na polícia da região. Mas, de acordo com Tórmena, nem a Polícia Civil e tampouco a Federal tem se pronunciado quanto ao problema.

O Movimento Nacional de Produtores (MNP) já protocolou ação no Tribunal de Justiça, pedindo providências enérgicas para controlar essa situação. "Se o Estado não agir, estamos perdidos", afirma o produtor rural João Bosco Leal, presidente do MNP.

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento